Sunday, 29 de November de 2020

GERAL


Implantes dentários

Muito mais que uma questão estética

03 Jul 2008

Restabelecimento da função dental ou estética? De acordo com o ortodondista Marcos Eduardo Landgraf, a busca por tal procedimento envolve tanto a saúde bucal como a estética. Segundo ele, o implante permite tanto que o paciente restabeleça suas funções bucais, com a melhora na mastigação, como a estética, visto que a falta de qualquer um dos dentes pode levar a um envelhecimento precoce, com o surgimento de rugas e alteração na expressão facial do paciente.

A partir de 18 anos, já é possível realizar a cirurgia, embora grande parte dos pacientes que se submetem ao implante tenha em média 40 anos. Segundo o doutor, o procedimento é simples e pode ser realizado mais de um implante em uma única etapa. Mas o especialista adverte quanto aos cuidados pré e pós-cirúrgicos. Landgraf alerta que o paciente deve estar ciente de que este, apesar de simples, é um procedimento cirúrgico e que requer uma série de cuidados antes e depois do procedimento. “O paciente deve tomar corretamente a medicação indicada pelo cirurgião antes da realização do implante e no pós-cirúrgico; deve ter o cuidado com a higiene e com a alimentação. Além disso, é de extrema importância que o paciente faça um acompanhamento regularmente com seu dentista”, orienta. Para o especialista, a escolha do profissional e a qualidade do laboratório que vai confeccionar a prótese também são fundamentais. “O paciente deve observar se o profissional tem especialização nessa área e se foi feita uma investigação quanto às condições de saúde do paciente. A qualidade da prótese também é de fundamental importância”, acrescenta o especialista.

 

A cirurgia

O procedimento cirúrgico é bastante rápido. Normalmente é realizado em uma única sessão de até uma hora e meia, dependendo da quantidade de implantes a serem colocados. Há casos do paciente já sair com a coroa colocada no local, isso vai depender da condição óssea de cada paciente. Também pode ser necessário um enxerto para que o pino de titânio, que é implantado no osso, tenha onde fixar-se. Nesses casos, pode ser necessária mais de uma sessão para que seja finalizado o procedimento completo.

Na primeira etapa, é implantado o pino. Quando ele está bem fixado no osso - e isso é avaliado pelo especialista - a gengiva é aberta novamente para que seja encaixada a coroa. Normalmente, é colocada uma coroa provisória como teste e, após alguns meses, ela é substituída por uma coroa definitiva em porcelana. Essa coroa definitiva pode durar até 15 anos, dependendo da qualidade do material usado na confecção da prótese, dos cuidados do paciente e do acompanhamento junto ao especialista.

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins contabilizou 208 novos casos confirmados da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 257.731 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 81.469 casos confirmados. Destes, 74.054 pacientes estão recuperados, 6.253 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.162 pacientes foram a óbito.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira