Monday, 21 de September de 2020

GERAL


Refis Palmas 2019

Mutirão renegociará dívidas de contribuintes de Palmas com super descontos de 14 a 20 de outubro

11 Oct 2019
Divulgação Mutirão renegociará dívidas de contribuintes de Palmas com super descontos de 14 a 20 de outubro Secretário de finanças Rogério Ramos garante que essa é a oportunidade única do contribuinte regularizar suas dívidas

A Prefeitura de Palmas espera receber pelo menos R$ 60 milhões durante o 3º Mutirão de Negociação para Regularização Fiscal de Palmas (Refis 2019), que ocorrerá entre 14 e 20 de outubro deste ano, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, na Avenida Teotônio Segurado. Esse montante corresponde a 10% dos R$ 600 milhões da dívida ativa do Município e envolve um acervo de 23 mil processos.
O Mutirão vai permitir que o contribuinte possa consultar débitos, sanar dúvidas jurídicas ou administrativas, negociar dívidas para pagamento à vista ou parcelado e retirar seus dados de protesto de dívidas.  Tudo em um mesmo local. Somente durante o mutirão poderão ser negociados descontos em juros e multas incidentes de até 100% para pagamento a vista ou parcelado (veja tabela de descontos ao final do texto).
No Refis 2019, poderão ser negociados débitos relativos a financiamentos inadimplentes feitos no Banco do Povo, débitos relativos a multas de obras, de posturas, de uso do solo, infrações ambientais e por ação da Vigilância Sanitária.
Também podem ser negociadas multas cobradas pela fiscalização de poder de polícia e multas por descumprimento da legislação de licitações e contratos, por exemplo. Todo o detalhamento de abrangência do mutirão pode ser consultado na Lei Municipal nº 2.502/2019.
Para o secretário municipal de Finanças, Rogério Ramos, o mutirão é uma oportunidade de os contribuintes palmenses se regularizarem, restabelecerem condições de crédito e voltarem a ter certidões negativas necessárias para contratação com o Poder Público. “Nosso objetivo é, realmente, contribuir para o desenvolvimento econômico, dando regularidade aos trabalhadores e empresas que fazem a economia da nossa cidade. E esse dinheiro que vai entrar vai, com certeza, contribuir o fechamento do ano e ampliar as ações da prefeitura em prol da comunidade”, afirmou Ramos.
O secretário frisou ainda que o formato deste mutirão foi diferenciado, agregando mais colaborações, para prestigiar o atendimento também o pequeno devedor para resgatar a regularidade e dignidade desses contribuintes com justiça fiscal, afirmou Ramos.

*Agendamento ou atendimento espontâneo*
Para dar publicidade à parceria do Tribunal de Justiça (TJ) e da Prefeitura de Palmas em prol da Refis 2019, nesta terça-feira, 08, foi assinado ao termo de cooperação para celebração do mutirão. Para o qual já estão agendadas para o Refis 2019, ao todo, 1.509 audiências, das quais 322 referem-se a ações de dívidas acima de R$ 100 mil já judicializadas, isto é, grandes devedores. Outras 360 audiências tratarão de situações pré-processuais, ou seja, que ainda não se geraram processo, e cujas dívidas tenham valores superiores a R$ 8 mil.
Outras 827 audiências tratarão de processos que já têm bens penhorados, com leilão previsto para março de 2020. “Para todos estes casos já foram feitas as notificações relativas à data das audiências, mas além deles, os demais 23 mil contribuintes que têm processo relativo a dívidas com a Prefeitura de Palmas poderão ser atendidos no mutirão para regularização”, adiantou o juiz Manuel de Faria Reis Neto, coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).
“Esse mutirão traz oportunidade para quem deixou de pagar tributos voltar a ter sua cidadania plena e vida tributária regular. Ele poderá aproveitar os descontos, deixa de ser protestado, volta a ter seu nome limpo e em condições de buscar financiamentos e outras oportunidades do dia a dia”, lembrou o procurador geral do Município, Mauro Ribas.

*Serviços concentrados*
Na grande praça do Espaço Cultural, o contribuinte encontrará das 8 às 18 horas, interruptamente, mais de pontos de atendimento do Tribunal de Justiça, da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) e do Cartório e Tabelionato de Protestos Moromizato.
Este último também estará disponível para negociação de débitos e retirada de protestos registrados em cartório, com até 30% de descontos nos pagamentos à vista ou parcelamento em até 10 vezes. Para facilitar os atendimentos, terminais de autoatendimento do Banco do Brasil também serão instalados no local.
Também serão oferecidos descontos, inclusive, aos débitos relativos a honorários relativos aos serviços da Procuradoria Geral do Município (PGM), de até 6% para pagamento à vista. Outra novidade será válida durante o período do mutirão: a partir do dia 14 de outubro o hotsite www.refis.palmas.to.gov.br permitirá ainda que contribuintes façam o pagamento à vista de casa com desconto.


*Descontos (por categorias)*
Créditos de impostos, taxas, contribuições, preços públicos, outorga onerosa, alienações de bens e indenizações de qualquer natureza terão redução:
- 100% de multas e juros, para pagamento à vista;
- 95% de multas e juros, para pagamento em até três parcelas;
- 90% de multas e juros, para pagamento em até oito parcelas;
- 85% de multas e juros, para pagamento em até dez parcelas;
- 80% de multas e juros, para pagamento em até 14 parcelas;
- 75%  de multas e juros, para pagamento em até 18 parcelas;
- 70% de multas e juros, para pagamento em até 26 parcelas;
- 65% de multas e juros, para pagamento em até 36 parcelas;
- 60% de multas e juros, para pagamento em até 48 parcelas;
- 55% de multas e juros, para pagamento em até 60 parcelas;
- 50% de multas e juros, para pagamento em até 150 parcelas.

_Créditos de multas formais por descumprimento de obrigações acessórias e multas de obras, posturas, uso do solo, meio ambiente, vigilância sanitária e transportes cobradas pela fiscalização de poder de polícia terão redução:

- 60% da obrigação, para pagamento à vista;
- 55% da obrigação, para pagamento em até três parcelas;
- 50% da obrigação, para pagamento em até oito parcelas;
- 45% da obrigação, para pagamento em até dez parcelas;
- 40% da obrigação, para pagamento em até 14 parcelas;
- 35% da obrigação, para pagamento em até 18 parcelas;
- 30% da obrigação, para pagamento em até 26 parcelas.

_Créditos de financiamentos do Banco do Povo em inadimplência terão redução:_
- 100% dos juros, para pagamento à vista;
- 95% de juros, para pagamento em até três parcelas;
- 90% de juros, para pagamento em até oito parcelas;
- 85% de juros, para pagamento em até 10 parcelas;
- 80% de juros, para pagamento em até 14 parcelas;
- 75% de juros, para pagamento em até 18 parcelas;
- 70% de juros, para pagamento em até 26 parcelas;
- 65% de juros, para pagamento em até 36 parcelas;
- 60% de juros, para pagamento em até 48 parcelas.

_Parcelamentos: _
- até R$ 300,00, no máximo, três parcelas;
- até R$ 600,00, no máximo, oito parcelas;
- acima de R$ 600,00 e até R$ 1.500,00 , no máximo 10 parcelas;
- acima de R$ 1.500,00 e até R$ 2.600,00 , no máximo 14 parcelas;
- acima de R$ 2.600,00 e até R$ 5.000,00, no máximo 18 parcelas;
- acima de R$ 5.000,00 e até R$ 10.000,00, no máximo 26 parcelas;
- acima de R$ 10.000,00 e até R$ 20.000,00, no máximo 36 parcelas;
- acima de R$ 20.000,00 e até R$ 40.000,00, no máximo 48 parcelas;
- acima de R$ 40.000,00 e até R$ 80.000,00, no máximo de 60 parcelas;
- acima de R$ 80.000,00 e até R$ 250.000,00, no máximo 72 parcelas;
- acima de R$ 250.000,00 e até R$ 400.000,00, no máximo 84 parcelas;
- acima de R$ 400.000,00  e até R$ 1.000.000,00, no máximo 96 parcelas;
- acima de R$ 1.000.000,00 e até R$ 2.000.000,00, no máximo 120 parcelas;
- acima de R$ 2.000.000,00 no máximo 150 parcelas.

(Juliana Matos). 

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 128 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.917 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.544 casos confirmados. Destes, 46.511 pacientes estão recuperados, 16.166 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 867 pacientes foram a óbito.

Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água

A campanha ‘Água, use com consciência para não faltar’ é uma iniciativa do Governo do Estado em Parceria com a ATS


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio

Neurocientista, filósofo e psicanalista Fabiano de Abreu em entrevista à revista Capricho, explica que a “DM Aberta”, apesar da boa intenção, não deve ser apresentada como uma ajuda eficiente para quem pensa em suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira