Sunday, 08 de December de 2019

GERAL


Campo

Natividade, Silvanópolis e Monte do Carmo recebem ações de controle da raiva dos herbívoros

26 Jul 2019
Natividade, Silvanópolis e Monte do Carmo recebem ações de controle da raiva dos herbívoros

Com o objetivo no controle da raiva dos herbívoros, equipes técnicas da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) iniciaram na última terça-feira, 23 e segue até o próximo dia 30, um trabalho de atendimento a demandas de produtores rurais dos municípios de Natividade, Silvanópolis e Monte Carmo.

Durante estes dias, os técnicos estão percorrendo fazendas, orientando os produtores rurais sobre os riscos de transmissão da raiva para o ser humano e realizando o monitoramento e cadastro de abrigos, controle populacional de morcegos hematófagos (principal transmissor da raiva) em cavernas, bueiros, cisternas abandonadas, ocos de árvores e outros locais onde os morcegos costumam construírem abrigos.

O trabalho da equipe da Adapec requer atenção e dedicação. Nesta quinta-feira, 25, eles realizaram captura de morcegos hematófagos em uma grande caverna, localizada na fazenda Mata Virgem, de propriedade do senhor Walmor Flores, que disse que este tipo de ação realizada pela Agência reflete na diminuição dos ataques de morcegos aos seus animais. “É um trabalho feito com muita dedicação e que a gente percebe imediatamente os efeitos dele na queda do número de ataques aos animais”, disse o produtor rural.

A Adapec orienta os produtores rurais para que quaisquer sinais de ataques de morcegos hematófagos notifiquem imediatamente a Agência. Vale destacar que a forma mais segura de prevenção contra a raiva é a vacinação anual do rebanho.

Sintomas

O animal que é infectado pelo morcego hematófago, apresenta alguns sintomas como isolamento do restante do rebanho, apatia, perda de apetite, salivação abundante e dificuldade para engolir. Com a evolução da doença, tem movimentos desordenados, tremores musculares, ranger de dentes, decúbito lateral e morte.

A Agência alerta que o produtor deve evitar o contato direto com animais que apresentam sintomatologia nervosa. Em caso de dúvida ou denúncia em relação a defesa agropecuária, o produtor deve procurar o escritório da Adapec mais próximo ou entrar em contato por meio do Disque Defesa no número 0800 63 11 22.

COMPARTILHE:


Confira também:


COP 25

Agenda do Estado na COP 25 busca investimentos para a estratégia Tocantins 20-40 e para o programa Pátria Amada Mirim

Reuniões com investidores europeus e participação ativa na Amazon-Madrid também estão no cronograma

Câmara

Damaso integra comissão especial que irá debater PEC da 2ª instância

A Constituição estabelece que ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. Atualmente, o trânsito em julgado ocorre depois do julgamento de recursos aos tribunais superiores


CGE

Controladoria e parceiros realizam evento em alusão ao Dia Internacional Contra a Corrupção nesta segunda, 9

Programação contará com premiação de vencedora da rede estadual do Concurso de Desenho e Redação da CGU sobre o mesmo tema.


Carlesse

Carlesse participa da troca de comando no Corpo de Bombeiros e destaca importância de uma mulher assumir o 1º Batalhão

Tenente-coronel Andreya de Fátima Bueno é a primeira mulher a assumir o posto de comando de batalhão no Estado


Palmas

Arte leva esperança e tranquilidade aos pacientes do HGP


Infraestrutura

Governo realiza recuperação de pontos críticos da TO-239 entre Itacajá e Itapiratins


Região central

Polícia Civil conclui investigações sobre estupro de vulnerável em Miranorte


Solidariedade

Governo atende mais de 30 aldeias indígenas no Tocantins com o Criança Feliz


Capital por um dia

Governador anuncia implantação de Colégio Cívico-Militar em Miracema


"Salve Maria"

Modelo do aplicativo “Salve Maria” poderá ser implantando no TO



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira