Sunday, 18 de February de 2018

Sunday, 18 de February de 2018

GERAL


Oi

Oi amplia seu backbone para maior capacidade e resiliência nos serviços de dados

16 Jun 2017

Região Centro-Oeste 16 de junho de 2017 - A Oi continua a ampliação de sua rede de transmissão em capacidade e resiliência. Para suportar o crescimento do tráfego de dados, o backbone OTN (Optical Transport Network) disponibiliza vias de 100 Gigabit por segundo ao longo de 30.000 km de fibras ópticas, interligando as capitais e grandes cidades do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil por múltiplos caminhos. Desde sua implantação em 2015 esta rede já cresceu em cerca de 4 vezes sua capacidade para suportar os requerimento de crescimento e de qualidade.
 
Dentro da estratégia capacidade e qualidade, a Oi está estendendo sua  malha OTN na Região Centro-Oeste com múltiplas vias de 100 Gigabits por segundo, interligando Brasília, Goiânia, Campo Grande, Cuiabá, Palmas e Porto Velho e mais 8 cidades. Nesta nova etapa de crescimento o backbone 100G passará a cobrir  mais 18.000 km de malha óptica. Este Backbone possui uma estrutura flexível  que permite crescimento de sua capacidade de forma ágil a fim de acomodar a explosão do consumo de tráfego IP na região Centro-Oeste.
 
A Oi já investiu mais de R$ 125,5 milhões na Região Centro-Oeste no primeiro trimestre de 2017. A companhia está priorizando investimentos em infraestrutura e modernização da rede para melhoria da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões do país. No mesmo período foram implantados 7 novos sites de telefonia móvel e outros 88 foram ampliados/modernizados. Além disso, 9,1 mil novas portas para o serviço de banda larga fixa foram criadas. Sites são locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão do sinal do serviço móvel. A Oi oferece cobertura 4G em Brasília (DF), Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Formosa, Goiânia, Luziânia, Rio Verde, Trindade e Valparaíso de Goiás (GO), Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas (MS), Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e  Várzea Grande (MT).
 
  
Polibio Figueiredo Braga

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

1

PARABÉNS!
PARABÉNS!

1

BOM
BOM

1

AMEI!
AMEI!

1

KKKK
KKKK

2

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

2

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

2

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Prefeitura não cobrará mais taxa de revisão de IPTU

Zini reafirmou que a Prefeitura está à disposição dos contribuintes que observarem eventuais divergências de valores do imposto.

Amastha

Em vídeo, Amastha detalha descontos do IPTU, reforça diálogo e faz apelo a servidores

Prefeito da Capital reforça que gestão está aberta para atender a contribuintes que observarem eventuais distorções no valor venal do imóvel, base de cálculo do imposto


Ciência & Tecnologia

Aspectos centrais sobre TI na Gestão Institucional - Parte 7

Por Daniel Nascimento-e-Silva*


Palmas

Amastha prestigia abertura de empreendimento que investiu meio milhão de reais em Palmas

O empresário Daniel Oliveira, um dos sócios do Wings, afirmou que o planejamento para a instalação do estabelecimento começou há um ano e meio e há oito meses começou a implantação


Tocantins

Projetos sociais desenvolvidos nas unidades prisionais do Tocantins transformam vidas de detentos


Palmas

Prefeita em exercício entrega chave da cidade para presidente do Comadec


Ataídes

Em reunião com trabalhadores rurais, Ataídes concluiu programação no Bico do Papagaio, nessa quinta


Brasil

Deputados do Tocantins são homenageados por vereadores de todo Brasil


Câmara

Líderes de Câmaras Municipais de todo o país são recebidos na Câmara de Palmas


Irrigação

O que é irrigação inteligente?



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira