Wednesday, 29 de January de 2020

GERAL


ONG`S ambientalistas X Picaretagem ambiental

12 May 2010

Nós temos visto que nos últimos anos têm surgido cada vez mais entidades do Terceiro Setor para tratar das questões ambientais, como Associações, ONG’s, Institutos, Fundações etc.

Muito se fala que esse crescimento do Terceiro Setor denota um aumento do compromisso da sociedade com a cidadania e com a promoção da proteção do meio ambiente, mas existem controvérsias.

Especialmente em nossa região temos visto que dentro desse assunto existem muitas polêmicas, pois parte de nossa comunidade acredita que o surgimento e aumento das entidades do Terceiro Setor é algo positivo, e, por outro lado, muita gente também é contra isso, manifestando-se de forma crítica em relação ao papel dessas entidades. Em geral, as opiniões contrárias dirigidas a tais entidades são sempre reforçadas pelas notícias nos jornais e programas de televisão apresentando exemplos ruins de instituições que não cumprem bem o seu papel, especialmente de algumas ONG`s que, ao invés de protegerem a natureza, acabam se juntando aos traficantes de animais silvestres, aos madeireiros ilegais, aos fiscais corruptos e a outros grandes exploradores do meio ambiente. Isso tudo causa uma imagem extremamente negativa ao Terceiro Setor.

Tristemente sabemos que realmente existem inúmeros casos assustadores e execráveis de servidores públicos e de supostas ONG’s protetoras do meio ambiente que se juntam para fazer justamente o contrário daquilo que deveriam fazer. Assim, freqüentemente surgem casos polêmicos de pessoas e empresas que usam a imagem de amigos da natureza e que aproveitam a “onda verde” para lucrarem de forma imoral com a destruição de nosso planeta.

Acredito que não podemos nunca generalizar, mas é preciso ver com cautela o trabalho de muitos daqueles que estão aproveitando esse momento para se promover astutamente pensando somente em usar o discurso ecológico por razões meramente egoístas e mesquinhas.

Nosso país não possui uma tradição democrática forte, pois vivemos recentemente um regime militar que proibia manifestações de protesto e reivindicações por meio de ONG’s e Movimentos Sociais. Por isso, mesmo sabendo que existem muitos exemplos negativos nessa área, considero que é preciso reconhecer a contribuição positiva que elas trouxeram para a efetivação de um estado democrático de direito.

Penso que mesmo a despeito de termos pouco mais de duas décadas de liberdade democrática, é possível ver que surgiram muitos resultados positivos por meio da participação popular através de entidades da sociedade civil na construção de uma nação mais justa e mais preocupada com as questões sociais e ambientais.

É preciso estar atento e não perder a confiança no papel que as ONG’s Ambientalistas desenvolvem, pois, a meu ver, na maioria dos casos elas representam valores significativos e realizam trabalhos importantes que possibilitam que nossa população lute sensatamente pela melhoria de nosso país.

Ilha de Marajó – PA, Abril de 2010 - Giovanni Salera Júnior é Mestre em Ciências do Ambiente e Especialista em Direito Ambiental. E-mail: salerajunior@yahoo.com.br

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Catarata Zero: Kátia Abreu visita clínica em Palmas e conhece tecnologia utilizada nas cirurgias

O maior programa de cirurgias de catarata do estado, “Tocantins – Catarata Zero”, da senadora Kátia Abreu, já ultrapassou 600 cirurgias em apenas dois meses. A meta é 6 mil até o final de março.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira