Tuesday, 28 de January de 2020

GERAL


Economia

Palmas ganha fábrica de vidros temperados

24 Sep 2008

Grupo de empresários cearenses inaugurou na última sexta-feira, 19, em Palmas, a nova fábrica de vidros temperados do Tocantins. Os sócios-proprietários da Tempertins, os empresários Cláudio Solon, Francisco Portela e Victor Ferreira, já estão no mercado tocantinense há mais de dois anos, com fábrica e lojas em Palmas e Araguaína.

Recentemente, o grupo adquiriu um dos maiores fornos horizontais para a fabricação de vidros temperados do Brasil, que, além da alta tecnologia, proporciona altíssima produtividade. O investimento dos empresários foi de mais de R$ 2,5 milhões. Segundo um dos sócios-proprietários, Cláudio Solon, “o novo forno aumentará nossa produção de 4 mil m² para 30 mil m² por mês”, explica.

A expectativa dos empresários é de que o Tocantins, com a instalação da fábrica e a expansão da produção, passe a exportar vidros temperados para toda a Região Norte, Centro-Oeste e Nordeste.

Com o aumento da produção e com a demanda por representantes, os empresários também estão viabilizando um convênio com a Escola Técnica Federal de Palmas e com a Secretaria Estadual de Indústria e Comércio, para oferecer um curso de formação técnica para novos profissionais da área, com objetivo de gerar centenas de empregos diretos e indiretos.

O grupo também afirma que o investimento no Tocantins se deve ao fato do grande crescimento no setor da construção civil. Em junho deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o estado ficou em primeiro lugar na geração de empregos nas regiões Norte e Nordeste, e a maior parte dos empregos gerados aqui é na construção civil. “Estamos aqui para suprir este mercado que, proporcionalmente, é um dos maiores do Brasil”, comenta Cláudio.

Outro motivo que fez com que os empresários investissem no estado, segundo o sócio-proprietário, foi o incentivo fiscal recebido pela empresa. “Com certeza, a carga tributária faz uma grande diferença em um investimento como este. É um incentivo bastante atrativo”, afirma.

O grupo de empresários possui outras indústrias de vidros no país, e uma experiência de mais de 12 anos atuando no setor de importação e distribuição de vidros e espelhos, com inúmeros fornecedores qualificados no exterior. Para o vidro produzido no Tocantins, a empresa, além de comprar matérias-primas nacionais, conta com outros fornecedores de países, como México, Bélgica, Estados Unidos, China, Tailândia e Taiwan.

COMPARTILHE:


Confira também:


Alerta

Coronavírus leva Anvisa a reforçar atenção em portos e aeroportos

Procedimentos adotados para outras doenças, porém, estão mantidos


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira