Thursday, 23 de May de 2019

GERAL


Questionamentos

Paulo Mourão pede esclarecimentos sobre contrato milionário da AL com empresas de tendas e de publicidade

05 Dec 2018    12:01

O requerimento apresentado pelo deputado Paulo Mourão (PT) é claro, quer que sejam enviadas cópias do processo licitatório, e dos critérios utilizados, para apurar o menor preço e quais empresas concorreram nas licitações de aluguel de tendas que serão utilizadas na cerimônia de posse dos novos parlamentares e no contrato de publicidade para divulgação de ações parlamentares da Assembleia Legislativa.

 

O deputado justifica o pedido informando que soube através de alguns veículos de comunicação que neste final de ano a mesa diretora da Assembleia Legislativa celebrou contrato de serviços de tendas com valor superior a R$ 3 milhões, bem como contrato com uma agência de publicidade com valor superior a R$ 13 milhões. A suspeita é de que os valores estariam fora dos padrões de economicidade estabelecidos pela Constituição Federal.

 

O parlamentar argumenta que a Assembleia Legislativa já conta com infraestrutura suficiente para realizar o evento da cerimônia de posse, bem como com quadro de servidores concursados e comissionados na área de comunicação que já exercem a publicização dos atos da Casa com eficiência.

O requerimento ainda faz vários questionamentos sobre a forma como foi feita a escolha das empresas vencedoras. “Houve consulta prévia aos parlamentares desta Casa sobre o procedimento licitatório? Quem foram os integrantes da comissão de licitação? Foi efetuada com a publicidade devida a chamada de outras instituições financeiras para a licitação? Qual foi a modalidade de licitação ocorrida? Fora devidamente publicada nos diários oficiais e jornais de grande circulação? Tendo em vista que o procedimento licitatório visa a contratação do melhor serviço ao poder público, não sendo o valor econômico em si o determinante para a contratação. Qual fora o critério para a escolha das empresas? “, pontua.

Paulo Mourão sugere ainda que a partir do ano que vem tanto o processo licitatório, como os contratos, sejam publicados nos diários oficiais e jornais de grande circulação para participação no certame licitatório, conforme preconiza a Lei 8666/93. A medida é para dar transparência às ações do legislativo.

COMPARTILHE:


Confira também:


Investigação

Operação Catarse cumpre buscas e apreensões relacionadas a assessores parlamentares no Norte do Estado

Quatro pessoas ligadas a parlamentares investigadas na operação foram ouvidas na manhã desta quinta-feira,22.

CPI do PreviPalmas

Max Fleury é ouvido na CPI do PreviPalmas

O ex-presidente do PreviPalmas estava no comando quando o instituto fez um investimento na ordem de R$ 30 milhões no Cais Mauá, como também, aplicou R$ 20 milhões no Fundo Tercon.


Fenelon Barbosa

Primeiro prefeito acredita que Palmas será uma das maiores e melhores cidades do Brasil

Ex-prefeito de Palmas conta a história da luta pela criação e construção da mais nova capital do país


Homenageados

Carlesse e vice-governador Wanderlei Barbosa são homenageados em sessão pelos 30 anos de Palmas

Ao todo 41 personalidades receberam a honraria, dentre elas, o ex-governador Siqueira Campos, fundador da Capital e todos os ex-prefeitos da cidade


Taguatinga

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável no sudeste do Estado


Mandado de prisão

Condenado por roubo é preso pela Polícia Civil em Palmas


Palmas 30 anos

Em entrevista exclusiva, Siqueira Campos diz que Palmas integrou e fortaleceu a economia do Tocantins


Norte do TO

BRK Ambiental leva teatro sobre preservação para mais de 30 escolas do Bico do Papagaio


FORJEF

I Fórum Interinstitucional dos Juizados Especiais Federais do Tocantins termina com balanço positivo


Competição

Rally Jalapão/Sertões Series terá representantes baianos nos mais de 1200 quilômetros da 5ª edição



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira