Sunday, 31 de May de 2020

GERAL


Meio Ambiente

Plantio de árvores deve resultar na formação de um bosque na Avenida JK, Centro de Palmas

25 Feb 2020
Luciana Pires Plantio de árvores deve resultar na formação de um bosque na Avenida JK, Centro de Palmas

Em pouco tempo o Centro de Palmas poderá desfrutar dos benefícios de um bosque urbano. É que na tarde desta sexta-feira, 21, a Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins (CAU-TO) plantaram cerca de 50 árvores na Área Verde da Arne 12, próxima a Escola Comecinho de Vida. A ação faz parte do Programa ‘MudaClima’.

 

Foram diversas espécies plantadas, de acordo com as recomendações do Plano de Arborização de Palmas. Participaram da atividade arquitetos do CAU-TO e técnicos da Prefeitura da Capital, que defendem o programa como uma ação positiva de proteção ao Meio Ambiente.

 

O vice-presidente do Conselho, o arquiteto Hildebrando Ferreira Paz, comemorou a realização do plantio, que ele diz que em breve deve contribuir para melhoria do clima na Avenida JK.

 

“Nos estudos para minha tese de mestrado pesquisei sobre a importância da arborização para o clima urbano e identifiquei em nossa cidade diversas ilhas de calor e de frescor. Estou feliz, porque este local é uma área verde que agora está recebendo o tratamento adequado”, disse Hildebrando.

 

Ele acrescentou que o local vai se transformar num bosque, de plantas diversificadas. “A melhor é que aqui estamos observando todas as regras do Plano de Arborização, profundidade e distância entre as covas, espécies adequadas ao local”, explicou.

 

A presidente da FMA, Meire Carreira, ressaltou a importância de realizar este plantio em parceria com o Conselho de Arquitetura. “O envolvimento do CAU é emblemático e aqui destaco o protagonismo desses profissionais, a exemplo do arquiteto Hildebrando, que inclusive é estudioso da importância da arborização para o conforto urbano”, disse Meire Carreira.

 

O presidente do CAU-TO, Silenio Martins Camargo, também presente na ação do ‘MudaClima’, considerou o plantio benéfico para o meio ambiente . Ele disse ainda que espera que outros profissionais da área de urbanismo também possam adotar a ideia. “O Programa ‘MudaClima’ é importante para o futuro de nossa cidade e reflete a preocupação da administração municipal com a qualidade do meio ambiente; Palmas já precisava dessa arborização há bastante tempo”, avaliou.

 

Já o arquiteto Daniel de Souza Pimentel Cavalcante fez questão de plantar uma árvore junto com seu filho de três anos, Emanuel Pires Milhomem Pimentel. Ele considerou que a experiência deve influenciar para despertar em seu filho uma consciência sobre a preservação ambiental.

 

“Acredito que este ato de plantarmos juntos esta árvore – Ingá Feijão – ajuda na educação ambiental de meu filho. Quero voltar aqui com ele, acompanhar o desenvolvimento de nossa árvore e quem sabe um dia trazer uma placa com o nome dele e a data do plantio”, disse Daniel.

 

Quem também participou do plantio foi a secretária de Comunicação, Ivonete Motta, que plantou um Angico e disse que era uma homenagem ao seu esposo, o arquiteto Paulo Kellerman, que tem essa árvore como preferida.

COMPARTILHE:


Confira também:


Ineditismo

Agrotins 2020 100% Digital rompe barreiras e se torna marca forte no cenário nacional

Conteúdo continuará disponível na plataforma até 26 de junho


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira