Saturday, 14 de December de 2019

GERAL


Zona Rural

Postos de saúde desamparados

19 May 2010

Centenas de famílias que residem na zona rural de Palmas enfrentam um problema de grande complexidade: a falta de infraestrutura nos postos de saúde. Na região Estiva do Macaquinho e Três Pernas, há cerca de 40 quilômetros, o posto não possui banheiro e água encanada. A energia elétrica está nas piores condições possíveis, mato alto ao redor, madeiramento completamente danificado, entre vários outros problemas. Segundo o vereador Fernando Rezende (DEM), “Palmas está totalmente desamparada. Temos uma gestão que não tem se preocupado com os problemas da cidade. As ações não acontecem, não saem do papel. Falta de recurso não é. A sociedade paga todos seus impostos e não vemos melhorias na área da educação.”

O vereador apresentou à prefeitura as principais dificuldades encontradas nos postos de saúde da zona rural e deu um prazo de 90 dias para que algo fosse realizado em prol daquelas famílias. “Já se passaram 60 dias e nada foi feito. Se a prefeitura não fizer nada, vou tomar providências e fazer um mutirão com as famílias para amenizar os principais problemas. Pelo menos o básico.”, disse.

Padre Aderso, da paróquia Bom Jesus da Serra de Taquaruçu Grande, faz um trabalho voluntário em toda região rural. Ele informa que é lamentável a atual situação das famílias destas localidades. “Os poucos profissionais que fazem trabalho nessas regiões sofrem com a falta de infraestrutura e ainda executam serviços de recepcionista, enfermaria, agentes de saúde, na maioria das vezes fora de sua área de atuação.”

Os locais de trabalho estão totalmente fora do padrão exigido pelo Ministério da Saúde. Segundo o padre, o galpão onde são feitos vários atendimentos das famílias da região de Coqueirinho é aberto, não há higienização adequada para que os serviços sejam feitos com qualidade, entre várias outras reclamações.  Aderso já esteve com o secretário municipal de Saúde, Samuel Bonilha, mas Bonilha informou que não tem recursos no momento para reestruturar os postos de saúde da zona rural de Palmas.


Nota

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) informou, através de nota, que os sucessivos cortes de orçamento do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) na área da saúde impediram a execução de vários projetos de melhorias físicas em prédios que abrigam unidades de saúde. Está na programação deste ano, a reforma e estruturação dos pontos de apoio do Programa Agentes Comunitários de Saúde (PACS), que presta atendimento na zona rural para as comunidades de Santa Terezinha e Três Penas.

COMPARTILHE:


Confira também:


SSP

Polícia Civil prende três pessoas e apreende 10,5 kg de pasta base de cocaína

Policiais monitoraram por cinco meses atuação criminosa. Droga era oriunda do estado do Mato Grosso.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira