Monday, 24 de June de 2019

GERAL


Educação Infantil

Quanto mais cedo, mais facilidade para aprender

18 Nov 2009

Definida pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB) como a “primeira etapa da educação básica”, a Educação Infantil brasileira passou por muitas mudanças ao longo dos últimos 20 anos. Porém, a pouca atenção dada pelo poder público faz com que muitas crianças nesta fase escolar não sejam atendidas.

Segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a educação brasileira atende a somente 33% das crianças entre zero e seis anos. O Censo Escolar de 2008 mostra que 1.138.644 crianças foram matriculadas em creches municipais e estaduais naquele ano e 3.830.928 cursaram a pré-escola.

Em Palmas, a rede municipal possui 15 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei’s), que atendem 3.617 crianças de 0 a 5 anos. Além de 18 escolas que atendem a 1.278 crianças de 4 e 5 anos, onde três destas são conveniadas. No total a prefeitura atende 4.895 crianças na capital.

A psicopedagoga Geralda B. Queiroz, diretora da escola especializada em Educação Infantil Princípio da Sabedoria diz que a Educação Infantil é uma etapa de aprendizagem onde a criança pode descobrir uma série de aptidões, o que impulsiona o seu desenvolvimento intelectual. “Quanto mais cedo a criança tiver esse acompanhamento, mais facilidade ela terá para aprender”, diz Geralda.

No Princípio da Sabedoria os professores trabalham com um método pedagógico próprio: o método da “Tia Geralda”. “Queremos que nossas crianças sejam seres autônomos, com maior segurança, que possam desenvolver uma identidade”, explica Geralda, autora do método, que trabalha com crianças há 42 anos.

Ela nos diz que na instituição, a criança é observada pela sua “idade mental”, e não por sua idade cronológica. “Analisamos essa idade e relacionamos as atividades que podem ajudar essa criança no seu crescimento. Utilizamos todos os instrumentos de comunicação e expressão para auxiliar nesse desenvolvimento, desde a música, as artes plásticas, o canto, a dança e a escrita literária”, completa.

Conforme nos relata Geralda, no Princípio da Sabedoria as crianças aprendem naturalmente. “Quando percebemos ela já esta escrevendo, lendo. Para isso utilizamos várias palavras chaves, que incita o aprendizado”, afirma.

A funcionária pública Cleivone Câmara Reis matriculou seu filho na instituição quando ele tinha quatro anos. Hoje, Pedro Câmara tem 10 anos e tem uma história de vida de superação, graças ao método utilizado pelo Princípio da Sabedoria. “Meu filho nasceu prematuro, sofreu uma lesão cerebral e ficou com problemas de coordenação motora e atenção. Quando fiz a matrícula fiquei com medo dele não conseguir alcançar o ritmo de crescimento da turma, e hoje posso dizer que meu filho conseguiu superar tudo”, emociona-se Cleivone. Na última semana Pedro ganhou uma medalha de ouro num teste de matemática.


Brincando de aprender

Se perguntar para uma criança do que ela mais gosta com certeza ela responderá: brincar. A brincadeira é para a criança o palco do desenvolvimento mental e emocional. São nessas atividades lúdicas que elas vivenciam suas fantasias, seus sonhos, e exercitam sua imaginação.

“Incentivamos a criança a ser o que ela é. Aqui se aprende brincando, com atividades regadas com muito amor, muitos sorrisos, beijos e palavras bonitas. Isso faz com que elas gostem de vir para a escola. Aqui nelas se sentem felizes”, diz Geralda. Contado da Escola Princípio da Sabedoria: (63) 3213-2631 / 8401-2366.

COMPARTILHE:


Confira também:


Opinião

Cenário político de Palmas: “aparentar ser ” e o “fazer de fato”

É fato que a campanha eleitoral de 2020 já começou. As pedras já estão se posicionando no tablado. Até o momento, de oficial mesmo, somente a candidatura à reeleição da prefeita Cinthia


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira