Friday, 20 de September de 2019

GERAL


Alimentação

Saiba como evitar intoxicações

22 Dec 2009

Este é o perído de comemorações, com muita comida e bebida, fazendo surgir a preocupação com o manuseio e o excesso de alimentos. Pensando nisso, a Sesau – Secretaria de Estado da Saúde vem alertar a população quanto ao manuseio incorreto e a conservação inadequada de alimentos, que são as principais causas de intoxicação alimentar.

Dados da Sesau revelam que quase metade das doenças transmitidas por alimentos são originadas nas residências, onde a maioria são infecções causadas por bactérias e suas toxinas, vírus e parasitas. Com isso, a Sesau além de orientar a população, também realiza constantemente, capacitações com os municípios, monitoramento dos 139 municípios do Estado, através de relatórios mensais e realiza investigação de surtos.

Pois a intoxicação alimentar pode causar de uma simples diarréia, até graves problemas de saúde, sendo os principais sinais e sintomas: náuseas, vômito, dor abdominal, diarréia e febre, dependendo do agente etiológico.

Para evitar este tipo de doença, é necessário que a população esteja alerta sobre cuidados de higiene e manuseio dos alimentos. Segundo a gerente da área técnica de doenças de transmissão hídrica e alimentar, Luana Gomes, lavar as mãos apenas antes de iniciar a preparação do alimento não é suficiente, ”é necessário que as mãos sejam lavadas durante todo o processo de preparo alimentício e os equipamentos utilizados também devem estar limpos”, alertou.

O local onde o alimento vai ser preparado também deve estar protegido de insetos, pragas ou qualquer outro animal. Outra preocupação, e que é pouco mencionada, é sobre a temperatura em que os alimentos são armazenados, pois quando as condições dos alimentos são ideais para os micróbios, eles podem se multiplicar em 130.000 em apenas 6 horas.

Caso a temperatura fique abaixo de 5°C ou acima de dos 60°C, a multiplicação dos micróbios é retardada e pode ser evitada e os alimentos perecíveis devem ser refrigerados preferencial-mente abaixo de 5°C e os cozidos quentes acima de 60°C.

Os alimentos nunca devem ser descongelados em temperatura ambiente, o procedimento deve ser efetuado com refrigeração à temperatura inferior a 5ºC ou em forno de microondas quando o alimento for submetido imediatamente ao cozimento e os alimentos congelados devem ser ingeridos em um prazo máximo de cinco dias, mesmo que conservado sob refrigeração.

É importante não deixar alimentos cozidos por mais de duas horas à temperatura ambiente.

 

Dicas para evitar intoxicação alimentar:

• Lavar as mãos regularmente;
• Antes, durante e após a preparação dos alimentos;
• Ao manusear os objetos sujos;
• Depois de tocar em animais;
• Depois de ir ao banheiro ou após a troca de fraldas;
• Antes da amamentação;
• Não comer alimentos crus, com exceção das frutas e verduras que podem
ser descascadas;
• Evitar o consumo de alimentos crus, mal passados/cozidos (saladas,
carnes);
• Evitar o contato entre alimentos crus e cozidos;
• Lavar periodicamente a geladeira, o freezer e o microondas;
  -As prateleiras da geladeira não devem ser cobertas por panos ou toalhas, pois assim impedem que o ar frio circule;
  - Verificar se as borrachas presentes nas portas da geladeira estão em boas condições, pois são elas que garantem o isolamento térmico;
  - Nunca utilizar alimentos após a data de validade;
  - Observar as condições especiais de cada alimento e suas recomendações;
• Evitar comidas vendidas por ambulantes;
• Manter os alimentos fora do alcance de insetos, roedores e outros
animais;
• Procurar uma Unidade de Saúde. (Informações da Ascom/Sesau)

COMPARTILHE:


Confira também:


Municípios

ATM fará três eventos técnicos com CNM, FNDE e SUDAM

O presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, convoca os gestores municipais das referidas áreas a participarem dos encontros.

Agenda

Em Brasília, parlamentares do Tocantins buscam recursos para obras

Para o Delegado Rérisson as reuniões foram bastante positivas.


Seu Bolso

Energisa prorroga campanha para negociação de dívidas

Clientes terão condições especiais para negociar débitos


Premiação

Nota Quente paga R$ 10.935,88 neste sábado, 21

O programa Nota Quente Palmense realiza sorteios mensais de R$ 10 mil e dois sorteios semestrais de R$ 50 mil, sendo um no mês de maio e outro no mês de outubro, além do grande sorteio anual, de R$ 200 mil, realizado em dezembro.


Saúde

Profissionais de saúde alertam sobre cuidados com as altas temperaturas na Capital


Drogas

Polícia Civil prende quatro traficantes e apreende mais de 30kg de maconha em Gurupi


Honraria

Participante de programa do Instituto TIM vence prêmio global da ONU


Agrotóxicos

Assembleia debate uso de agrotóxico em audiência proposta por Zé Roberto Lula


Economia

Endividamento atinge mais de 68% dos palmenses em agosto


Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira