Wednesday, 13 de November de 2019

GERAL


Especial

Saúde da mulher: Menopausa não é doença

09 Feb 2011

“As mulheres precisam observar-se mais”, diz a ginecologista e sexóloga Dr. Ana Virgínia Manduca, ao se referir à chegada da Menopausa, fase natural na vida feminina, e que muitas vezes é mal compreendida pelas mulheres.

A menopausa ocorre quando há uma falência ovariana, um fenômeno que acontece normalmente por volta dos 51 anos, provocando alterações metabólicas e endócrinas. Todas essas alterações não podem ser encaradas como uma doença, mesmo que a perda do estrogênio, hormônio essencial na vida da mulher, gere sintomas agressivos, como as ondas de calor (fogachos), depressão, irritação e diminuição da libido. “O mais importante é estar atenta aos sintomas. Só quando a menstruação para por um ano é que chamamos de menopausa”, explica Dr. Ana Virgínia.

Ao constatar a menopausa, a mulher pode optar por fazer ou não a terapia de reposição hormonal (TRH). “Colocamos na mesa e dividimos com a paciente os riscos e benefícios desse tratamento”, esclarece a ginecologista. Este momento inicial é chamado na medicina de “janela da oportunidade”, pois segundo os especialistas é nessa fase que a mulher tem uma melhor resposta do tratamento e consegue prevenir com mais eficácia uma complicação cardiovascular.

Segundo os médicos, indivíduos sem sintomas e que estão com a massa óssea normal, por exemplo, não precisam do TRH. Alguns o indicam somente para as pacientes que não apresentam contraindicações (câncer de mama, história de trombose e sensibilidade a alguns remédios) e, mesmo assim, após uma avaliação médica criteriosa. “Cada caso é um caso. Uma pessoa que tem ritmo de vida adequado, faz atividades físicas e possui uma alimentação saudável tem mais chances de não necessitar de um tratamento hormonal, diferente de uma fumante, obesa e hipertensiva”, alerta.


Autoteste
Com um autoteste encontrado nas farmácias, a mulher pode detectar através da urina a quantidade de hormônio FSH (Hormônio Fólico), sinalizando o provável início da menopausa. Alguns médicos defendem que esta, quanto antes for diagnosticada, mas fácil será o tratamento. “A vantagem de ter um teste que detecta o início da menopausa é que a mulher pode buscar um profissional que ajude a conviver com o processo e as mudanças que ocorrem no organismo”, afirma Carolina Ynterian, bioquímica e diretora da Linha Confirme de autotestes.

Para a Dr. Ana Virgínia, basta a paciente prestar atenção no seu corpo e na sua mente para detectar o início da menopausa. “Nós mulheres precisamos gostar mais de nós mesmas, valorizar-nos, cuidar melhor da alimentação. Atividade física não é vaidade, é saúde”, ensina Dr. Ana Virgínia.

Para manter uma vida saudável pré e pós-menopausa, a dica é manter o corpo e a mente voltadas para o bem e presente em todas as situações do dia-a-dia.  



Dúvidas freqüentes
- Qual a diferença entre menopausa e climatério? A menopausa é um sinal da parada da menstruação enquanto climatério significa uma síndrome e, como tal, envolve uma série de sintomas e eventos, sendo definida como a fase da vida feminina em que ocorre a transição do período reprodutivo para o estado não reprodutivo.

- Existem outros tratamentos para a menopausa? Sim, como os fitoterápicos, a maioria à base de isoflavona da soja, exercícios físicos e dietas alimentares. Também existem os serms - moduladores seletivos de receptor de estrógeno - cujas moléculas de estrogênio modificado atuam como o hormônio em certos tecidos, mas não produzem nenhum efeito em outros, como a mama ou a camada que reveste o útero.

- Na menopausa, a mulher fica mais suscetível à osteoporose? A mulher na menopausa tem como evento tardio a osteoporose pela perda de cálcio e alteração da microarquitetura óssea. Nesse caso, recomenda-se fazer reposição hormonal, tomar cálcio, vitamina D e sol, além de praticar exercícios físicos e usar os alendronatos (substância que previne perda óssea), caso não possa fazer a reposição hormonal. (Fonte: Terra)

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Números do câncer infantojuvenil em todo Brasil alertam para o diagnóstico precoce

Instituições de todas as regiões realizam ações para o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (DNCCI), comemorado dia 23

Dpvat

Bolsonaro assina medida provisória que extingue o Dpvat

A MP extingue também o Seguro de Danos Pessoais Causados por Embarcações, ou por sua carga, a pessoas transportadas ou não (DPEM).



Saúde

Novembro Azul - Atendimento noturno à população masculina de Palmas

A ação faz parte da Campanha Novembro Azul, cujo objetivo é acolher, conscientizar e sensibilizar a população masculina sobre os exames de prevenção do câncer e os cuidados com a saúde.


Obras

Prefeitura entrega nesta terça, 12, infraestrutura da Avenida Palmas Brasil Norte

A obra beneficiará a área comercial e residencial das Quadras Arnes 61 (504 Norte), 51 (404 Norte), 53 (406 Norte) e 63 (506 Norte)


Europa

Governador Carlesse cumpre agenda em Portugal visando atrair investimentos para o Tocantins

Um dos principais compromissos será na sede da Daymon, onde vão discutir o potencial de negócios de marcas e produtos para exportação


Vizinho

Governador Carlesse é homenageado em Mato Grosso pelo trabalho visando a construção da Transbananal


Panorama

Metrologia Estadual aprova 94% das marcas de produtos testados na Operação Limpeza


Teatro

Cia Art’Sacra abre inscrições para voluntários do espetáculo Paixão de Cristo 2020


Agrotóxicos

Tocantins apresenta cenário sobre controle de agrotóxicos durante evento em Florianópolis


Saúde

Secretário da Saúde recebe comitiva do Hospital do Amor


Sesau

Novembro Azul: cuidar da saúde também é coisa de homem



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira