Tuesday, 19 de November de 2019

GERAL


Rotam

Wanderlei Barbosa prestigia formatura do Curso Operacional de Rotam em Palmas

14 Aug 2019    14:35
Divulgação Wanderlei Barbosa prestigia formatura do Curso Operacional de Rotam em Palmas

Com a proposta de continuar a capacitação de policiais e a especialização para combate ao crime, a Polícia Militar do Tocantins (PM) realizou nesta terça-feira, 13, no pátio do Quartel do Comando Geral (QCG) em Palmas, a formatura do 3º Curso Operacional de Rotam -Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana 2019. A turma, 3º Sargento Rubim Lopes Monteiro (in memoriam), composta por 20 novos "rotamzeiros", como são chamados os cursados, retornam para suas funções com o "Raio Imortal" no peito, a partir de seus distintivos de curso.

Presentes no evento o vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, o presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Antônio Andrade, o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, Helvécio Maia Neto, os deputados Olyntho Neto e Luana Ribeiro, acompanhados de oficiais e praças da PM e do Corpo de Bombeiros Militar.

Receberam uma placa alusiva ao curso o vice-governador Wanderlei Barbosa; o comandante geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa; o diretor de ensino da PM, coronel Dosautomista Honorato de Melo; o senador Siqueira Campos; a viúva do 3º Sgt PM Rubim, Rosiane Araújo Gomes Monteiro - o qual emprestou o nome à turma-, bem como o capitão Vilson Rodrigues da Silva Júnior, primeiro colocado geral final do curso. A turma teve como paraninfo o pai da dupla Henrique e Juliano, Edson Alves dos Reis.

Para o comandante-geral da PM, a polícia busca cada vez mais a capacitação e o aprimoramento profissional. Somente em 2019, mais de 500 militares passaram por qualificações em diversas áreas, tanto operacionais quanto administrativas. O coronel Jaizon Veras pediu aos formados que "honrem as tradições e a memória do 3º SGT Rubim, guerreiro taticano que dá nome à turma e tombou em decorrência do combate diário atinente à função policial militar". O policial foi morto após ação criminosa, na cidade de Porto Nacional, em dezembro de 2017.

Para o vice-governador, as ações de combate especializado, por parte da PM, propiciam não somente tranquilidade para a população, como reforça a técnica e capacidade dos militares tocantinenses. Segundo Wanderlei Barbosa, o Governo do Tocantins tem investido na segurança pública e percebe os resultados em cada ação realizada pela PM

Curso

O 3º Curso Operacional de Rotam teve início no dia 3 de junho de 2019, com o objetivo de capacitar policiais militares do estado do Tocantins e das coirmãs de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O curso teve duração de 72 dias, perfazendo um total de 500 horas aulas, contemplando 16 disciplinas e estágio supervisionado.  

Os policiais militares formados estão aptos a integrar a Rotam, grupo especializado da PM, pertencente ao Batalhão de Choque, que atua de forma preventiva, dissuasiva e repressiva em ocorrências de maior complexidade, como combate ao crime organizado, narcotráfico e roubos a bancos, captura de foragidos da justiça, além de atuar na segurança de autoridades e escolta de presos de alta periculosidade.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Uso inadequado de antibióticos aumenta resistência de bactérias

Prática pode levar ao agravamento de doenças, alerta OMS


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira