Monday, 13 de July de 2020

JUSTIÇA


Serviço

CAU/TO penaliza estudante de Arquitetura e Urbanismo por exercício ilegal da profissão

26 Jun 2020
CAU/TO penaliza estudante de Arquitetura e Urbanismo por exercício ilegal da profissão

O Plenário do CAU/TO, em sua última sessão, julgou em grau de recurso o auto de infração de uma estudante por exercício ilegal da profissão na Capital. De acordo com a Fiscalização, a estudante de Arquitetura e Urbanismo executou um projeto de interior de uma loja, sem possuir habilitação. Ela divulgou o resultado em suas redes sociais.


A Lei Federal 12.378/2010, que regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo, classifica como exercício ilegal da profissão atuar sem diploma de graduação e não possuir o registro junto ao CAU. No caso de leigos o não cumprimento da Lei pode gerar multa administrativa e até processo criminal considerando que a conduta é caracterizada como contravenção penal.  A estudante foi multada em duas anuidades.


As ações de fiscalização, comandadas pela Gerência Técnica e de Fiscalização do CAU/TO, vem sendo aprimoradas através do monitoramento das mídias sociais e se tornou uma  ferramenta assertiva e eficiente no combate ao exercício ilegal da profissão.


Segundo o gerente Técnico e de Fiscalização do CAU/TO, Gilmar Scaravonatti, muitos casos de exercício ilegal da profissão são identificados pelas redes sociais.  “Nós fiscalizamos os perfis abertos, principalmente do Instagram, relacionados à arquitetura e urbanismo e encontramos muitos casos ilegais, no caso de estudantes e leigos, e irregulares, no caso de profissionais de arquitetura e urbanismo”, destacou.


O presidente do Conselho, Silenio Camargo, fez um alerta. “É preciso ficar atento. Todos os profissionais e empresas de arquitetura e urbanismo devidamente habilitados podem ser consultados no nosso site. Qualquer pessoa também pode denunciar falsos profissionais pelos nossos canais oficiais”, reforçou o presidente.


Monitoramento e Lei
Na internet é comum encontrar oferta de serviços ilegais. Com a Arquitetura, não é diferente.  A fiscalização do CAU/TO monitora pessoas sem formação, estudantes ou não, que se promovam utilizando os termos relacionados à Arquitetura e Urbanismo e publicam ou ofertam serviços técnicos sem a devida habilitação.


A Lei que regulamenta o exercício da Arquitetura é a 12.378/2010, acesse e saiba mais. Consulte todos os profissionais arquitetos e urbanistas habilitados no site:  https://acheumarquiteto.caubr.gov.br/. Para denunciar, basta acessar o link: https://servicos.caubr.org.br/, clicando em “Cadastrar Denúncia”, ou pelo e-mail: fiscalização@cauto.org.br


O Conselho de Arquitetura e Urbanismo também disponibiliza o e-mail: fiscalização@cauto.org.br para esclarecer dúvidas dos estudantes sobre o exercício ilegal da profissão, bem como outros assuntos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 189 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 15.132 casos no total, destes, 9.419 pacientes estão recuperados, 5.458 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 255 pacientes foram a óbito.

Coronavírus

Prefeito de Araguanã morre de Covid-19

Licenciado para tratamento da Covid-19, o prefeito Hernandes da Areia não resistiu à doença e veio a óbito neste sábado.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira