Sunday, 22 de September de 2019

JUSTIÇA


Segurança

Em 28 dias três mulheres foram presas por tentar entrar com drogas na Cadeia de Colinas

10 Feb 2019    17:00
Em 28 dias três mulheres foram presas por tentar entrar com drogas na Cadeia de Colinas

Uma mulher identificada pelas iniciais I. B. N., de 51 anos, foi flagrada na tarde desta sexta-feira, 08, tentando entrar na Cadeia Pública de Colinas do Tocantins com drogas introduzidas em suas partes íntimas. Os agentes que estavam de plantão deram voz de prisão à mulher que estava na cadeia para visitar o seu filho, Lucas Noleto Lobo, de 25 anos, condenado por tráfico de drogas. Esse é o terceiro caso em 28 dias de visitante tentando entrar com drogas no ambiente de carceragem na Cadeia de Colinas.

Os agentes da unidade receberam a informação de que a mãe de Lobo estava levando ilícitos para ele, quando questionaram a visitante sobre a informação, ela ficou nervosa e não quis passar pela revista pessoal, elevando o grau das suspeitas. Diante disso, os agentes a conduziram ao hospital da cidade onde foi realizado um exame de raio-X que confirmou a presença de ilícito.

Após a confirmação, os agentes deram voz de prisão à mulher pelo crime de tráfico e a conduziram à Central de Atendimento da Polícia Civil do município. Também foi instaurado Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) em desfavor do filho da visitante, para apuração mais detalhada do fato.

“Prevenir a entrada de entorpecentes na unidade é um trabalho que fazemos cotidianamente e como não fazemos revista vexatória, essa ação é um pouco mais complexa e depende da inteligência e da dedicação dos servidores para conseguir realizar flagrantes como esse. Por isso parabenizo a minha equipe pelo trabalho”, disse o diretor da cadeia, Silvestre Boaventura, diretor da cadeia.

Histórico
Em 11 de janeiro, M. S. O. M., 35 anos, foi flagrada tentando entrar na Cadeia Pública de Colinas do Tocantins no seu corpo. No dia 1º de fevereiro L. A. C., 25 anos, também foi presa após ser comprovado que ela estava como ilícitos introduzidos em suas partes íntimas. Ambas foram responderão pelo crime de tráfico de drogas e poderão pegar de 5 a 15 anos de prisão em regime fechado.

COMPARTILHE:


Confira também:


CPI

DPE-TO vai informar dados de reclamações à CPI em Gurupi sobre BRK Ambiental

Comissão da Câmara de Vereadores de Gurupi solicitou apoio informativo para fundamentar relatório sobre suposta má-prestação de serviço pela BRK Ambiental

Diz Tiago Dimas

Desenvolvimento de pesquisas são imprescindíveis e cortes de bolsas do CNPq preocupam

Tiago Dimas fez questão de lembrar que neste ano mesmo o IFTO conseguiu patentear a produção do adubo em cápsula.


Araguaína

Polícia Civil realiza busca e apreensão em residência de servidores lotados na Assembleia Legislativa

De acordo com a Polícia Civil, os dois servidores residem em Araguaína e não cumprem as atividades para as quais foram nomeados.


Norte do TO

Energisa realiza troca de lâmpadas e cadastro na tarifa social em Araguaína

O caminhão permanece na cidade por 10 dias, em três bairros, levando informação e diversão, além de troca lâmpadas e cadastro na tarifa social


Operação Ruptura

Polícia Civil deflagra operação ruptura e prende vários criminosos em Araguaína


Saúde

Hospital Regional de Miracema amplia serviços e realiza cirurgia inédita


Agenda

Em Brasília, parlamentares do Tocantins buscam recursos para obras


Seu Bolso

Energisa prorroga campanha para negociação de dívidas


Premiação

Nota Quente paga R$ 10.935,88 neste sábado, 21


Saúde

Profissionais de saúde alertam sobre cuidados com as altas temperaturas na Capital



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira