Tuesday, 19 de November de 2019

JUSTIÇA


Sul do TO

Gurupi recebe a 6ª edição do projeto Academia Itinerante da Polícia Civil

22 Oct 2019    15:52    alterado em 22/10 às 15:52
Fotos - ESPOL Gurupi recebe a 6ª edição do projeto Academia Itinerante da Polícia Civil

A Secretaria de Estado da Segurança (SSP –TO), através da Escola Superior de Polícia (ESPOL), está realizando ao longo de toda esta semana, de 21 a 25 de outubro, em Gurupi, no sul do estado, a 6ª Edição do Projeto “Academia Itinerante”. A ação integra o plano de reestruturação e fortalecimento da Polícia Civil do Tocantins e tem por objetivo proporcionar capacitação, por meio de várias disciplinas teóricas e práticas a cerca de 100 policiais civis das Delegacias que compõem a 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Gurupi.

A solenidade de abertura do evento foi realizada pontualmente às 8h da manhã desta segunda-feira, 21, nas dependências da Câmara de Vereadores de Gurupi e contou com as presenças do secretário executivo da SSP – TO, Servilho Silva de Paiva, do segurança integrada da SSP, delegado Marcelo de Queiroz Falcão, da Diretora de Polícia do Interior Iolanda de Sousa Pereira, do delegado regional de Polícia Civil de Gurupi, Alicindo Augusto Celestino, além do diretor da Escola Superior de Polícia Civil, delegado Ronie Augusto Esteves.

Em seu discurso durante a abertura do evento, o secretário executivo da SSP –TO, Servilho Paiva, saudou a todos os presentes e ressaltou a importância do projeto Academia Itinerante, que segundo ele, é uma ótima ideia de integrar os policiais civis da capital e do interior e ao mesmo tempo, manter os profissionais atualizados por meio dos curso e palestras oferecidos durante toda a semana.

O evento conta com a participação de mais de 100 policiais civis dentre delegados, agentes, escrivães, peritos, agentes de necrotomia e papiloscopistas que, durante cinco dias participarão de palestras, oficinas e cursos de; Local de Homicídio, Defesa de Vulneráveis, Crimes Cibernéticos, Inteligência e Lavagem de Dinheiro, Identificação Veicular, bem como aulas sobre o novo estatuto e regimento interno da Polícia Civil, além do Plano Estadual de Segurança Pública (PESSE).

Além disso, os policiais civis participantes também terão aulas táticas e de tiro sob a supervisão dos policiais civis do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), Unidade de elite da Polícia Civil do Tocantins. 

Para o diretor da Espol, delegado Ronie Esteves, a 6ª edição do projeto Academia Itinerante é uma oportunidade ímpar pela qual os policiais civis aguardam com ansiedade, pois além das capacitações oferecidas, o evento se converge em uma ocasião em que os policiais civis das diversas delegacias da Capital e do interior se reúnem e trocam experiências a respeitos de suas atividades desenvolvidas no dia-a-dia da atividade policial.

“Além da qualificação, os policiais civis podem vivenciar momentos de harmonia e integração com os demais colegas o que fortalece, sobremaneira, a Polícia Civil como um todo, uma vez que é visível o entusiasmo com que todos aguardam e participam dos eventos oferecidos durante toda a semana. Isso comprova que além de todo o investimento em viaturas, armamento, mobiliário e estrutura, a capacitação do servidor policial civil também é de suma importância para que ele consiga desempenhar suas funções com ainda mais qualidade”, disse o diretor.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Uso inadequado de antibióticos aumenta resistência de bactérias

Prática pode levar ao agravamento de doenças, alerta OMS


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira