Monday, 17 de June de 2019

JUSTIÇA


Porto

Judiciário ajuda a promover 1º Curso de Formação da Rede de Atendimento à Mulher de Porto Nacional

30 Mar 2019    14:22    alterado em 30/03 às 14:22
Judiciário ajuda a promover 1º Curso de Formação da Rede de Atendimento à Mulher de Porto Nacional

O atendimento à mulher vítima de violência doméstica e sexual foi o tema do 1º Curso de Formação da Rede de Atendimento à Mulher de Porto Nacional, promovido pela Defensoria Pública do Estado em parceria com Judiciário e outras instituições. A formação, realizada de 27 a 29 de março, abordou desde o primeiro acolhimento institucional, por meio da Polícia Civil, até a tramitação do processo no Judiciário e comunicação à vítima das decisões judiciais sobre o agressor.

A assistente social Mirtes Pereira de Moura, da Vara Especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, ministrou o tema “Atendimento às mulheres em situação de violência – a mulher e as dificuldades em romper da relação violenta, ciclos de violência”.

A delegada Milena Santana de Araújo Lima, uma das instrutoras do curso, destacou a importância do bom atendimento, “pois é nesse momento em que somos convidados a entrar na vida mais íntima de uma família”, explica.

Reeducação para o agressor
O curso destacou ainda a necessidade de tratamento do agressor, como parte do núcleo familiar em desequilíbrio, e foi firmado um convênio entre Ministério Público do Estado e Poder Judiciário para realização do projeto "Desconstituindo o Mito de Amélia", que objetiva qualificar a política de atendimento à mulher que sofre violência doméstica, determinando acompanhamento e mudança do agente agressor.

O juiz Allan Martins Ferreira, titular da 2ª Vara Criminal de Porto Nacional, participou do evento e destacou a importância do amparo às vítimas e o tratamento do agressor. “Os crimes de violência doméstica representam quase 20% de todos os crimes que julgo na 2ª Vara Criminal. Não adianta apenas punir o agressor se a própria vitima é relegada, não tem para onde ir e não tem uma casa para abrigá-la. Precisamos sanar essas falhas, bem como prevenir essas ações com educação do agressor”, concluiu o magistrado.

COMPARTILHE:


Confira também:


Opinião

O “combinado” tem que ser com o povo

Por enquanto o prédio onde funciona a prefeitura de Palmas no centro da cidade se tornou a grande Torre de Babel.

416 Vagas

Unitins lança edital de transferência externa com 416 vagas

Vagas são distribuídas entre os quatro câmpus e as inscrições começaram neste sábado. Seleção se dará por meio de análise documental e prova de redação


Ações

Semana do Governador Carlesse contou com entrega de equipamentos para a PM e discussão sobre a reforma da Previdência

Além da Fenepalmas, o Governador Mauro Carlesse também debateu a necessidade de receber mais investidores privados e afirmou, ao presidente da Acipa, que o Estado está de portas abertas para receber novos empresários que queiram se instalar no Tocantins.


Encontro de Defensores

Governador Carlesse recepciona Defensores Gerais e destaca atuação da Defensoria Pública do Tocantins

Palmas sedia encontro nacional de defensores públicos gerais


Taquaruçu

Movimento pela Vida 2019: Evento traz programação em prol de um mundo melhor


Pressão

Bancada do TO decide entrar com representação no CADE contra a Gol e obtém sinal verde para jatos da Azul em Araguaína


Negócios

Acipa apresenta projeto da Fenepalmas ao governador Mauro Carlesse


Articulação

Kátia Abreu reune prefeitos da região sul para tratar de pavimentação das cidades


Campo

Ruraltins incentiva criação de abelhas sem ferrão em minicurso na Expoara


Serviço

Tocantins realiza encontro Estadual para o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira