Sunday, 17 de November de 2019

JUSTIÇA


Serviço

Justiça Federal anuncia curso gratuito para formação de conciliadores federais no Tocantins

28 Feb 2019    00:08    alterado em 28/02 às 00:08

Entre os dias 11 e 22 de março deste ano, estarão abertas as inscrições para o II Curso de Capacitação de Conciliadores da Justiça Federal no Tocantins. Para participar, o interessado precisa ter graduação em qualquer curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou estar cursando graduação em Direito, a partir do 7º período. O edital com a documentação necessária e os demais procedimentos está disponível no site www.jfto.jus.br, na seção "avisos".

Ao todo, serão 40 vagas, sendo 17 para a Seção Judiciária do Tocantins (Palmas), 17 para a Subseção de Araguaína e seis vagas para a Subseção Judiciária de Gurupi. Para cada localidade, será reservada uma vaga para pessoas com deficiência, observando o limite legal mínimo 5% das vagas existentes.

O II Curso de Capacitação de Conciliadores da Justiça Federal no Tocantins acontecerá no período de 6 a 10 de maio de 2019, de forma presencial, na sede da Justiça Federal, em Palmas (TO). As aulas serão divididas em duas etapas: Módulo Teórico de 40h/a, com exercícios simulados; e prática supervisionada com carga horária de 60h/aula. Somente a prática supervisionada ocorrerá no local de atuação escolhido pelo participante - Palmas, Araguaína ou Gurupi.

A avaliação será realizada por meio da análise da documentação exigida no edital e, na segunda etapa, entrevista com o Juiz Federal Coordenador do Centro Judiciário de Conciliação da JFTO, que contará com o apoio de sua equipe.

Atuação
O conciliador atuará com imparcialidade para facilitar o diálogo entre as partes envolvidas nas audiências de conciliação da Justiça Federal no Tocantins. A atividade de conciliador voluntário será exercida gratuitamente. Contudo, serão assegurados os direitos, prerrogativas e deveres previstos na legislação vigente. A prestação de serviço como conciliador poderá contar como atividade jurídica e como título, inclusive para a magistratura federal, caso previsto em edital específico. (Samuel Daltan)

COMPARTILHE:


Confira também:


Atenção

Energisa reforça orientações de segurança em caso de temporais

Em 50 dias, mais de 400 postes foram derrubados por eventos climáticos severos no Tocantins

Serviço

Governo, por meio do Sine, orienta trabalhadores para habilitar a Carteira de Trabalho Digital

Para acessar a Carteira de Trabalho Digital é necessário obter a senha de acesso no Acesso.gov.br. Para aqueles que não possuem a senha, poderão adquiri-la através do Aplicativo da CTPS Digital, ou clicando no link a seguir Acesso.gov.br




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira