Friday, 10 de April de 2020

JUSTIÇA


Norte

Polícia Civil indicia pessoas por associação criminosa, roubos a residências e receptações em Araguaína

23 Dec 2019
Polícia Civil indicia pessoas por associação criminosa, roubos a residências e receptações em Araguaína

A Divisão de Repressão a Roubos (DRR) em Araguaína finalizou o inquérito policial que indiciou seis pessoas por associação criminosa referente a roubos à residências e receptações em Araguaína. As investigações apontaram que os suspeitos de iniciais LPAS, de 19 anos, DCDS, de 21 anos, ESB, de 47 anos, TFS, de 23 anos, PELCM, de 20 anos, TDSL, de 22 anos praticaram roubos à residências com o auxílio de um adolescente e de um taxista, o qual tinha a função de motorista do grupo, levando os autores nas casas e depois dando a fuga para eles.

Todos foram presos preventivamente à época dos fatos, no segundo semestre de 2018, e encontram-se atualmente à disposição da Justiça, com condenações que, juntas, já ultrapassam 116 anos, sendo certo que cerca de 10 processos ainda aguardam julgamento.

À época, imagens de câmeras de segurança e informantes da polícia ajudaram a confirmar as suspeitas. Segundo o delegado responsável pelo caso, Felipe Ayres, os objetos desses roubos e de vários outros praticados pela associação eram ocultados em um local designado como "Fazendinha", refúgio de membros de uma facção criminosa conhecida nacionalmente, e posteriormente eram revendidos para terceiros. Todos os receptadores também foram indiciados.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Grau de fiscalização dos decretos Municipais é determinante para evitar possíveis contágios no Tocantins, diz ATM

Prefeituras devem promover forças-tarefa de fiscalização para orientar população sobre isolamento social e monitorar atendimentos no comércio


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira