Monday, 22 de July de 2019

JUSTIÇA


Ocorrência

Polícia Civil prende 16º traficante investigado na operação Nexus, em Paraíso do Tocantins

05 Dec 2018    18:06    alterado em 05/12 às 18:06
Polícia Civil prende 16º traficante investigado na operação Nexus, em Paraíso do Tocantins

Policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Núcleo de Paraíso do Tocantins, comandados pelo delegado Eduardo de Meneses, deflagraram, na manhã desta terça-feira (4), mais uma etapa da operação “Nexus”, a qual resultou na prisão de Anaziel Silva Barros.
Ele é suspeito da prática do crime de tráfico de drogas e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva.
 
Segundo o delegado Eduardo, Anaziel é o 16º indivíduo preso na operação,  deflagrada no mês de setembro, de com o intuito de investigar os principais traficantes da cidade de Paraíso do Tocantins, que são abastecidos com droga oriunda do Estado de Goiás.
 
Na primeira fase da Nexus, Anaziel não foi encontrado, passando, desde então, a ostentar a condição de foragido da Justiça, sendo que durante aproximadamente três meses, os investigadores seguiram tentando localizar o indivíduo. Durante esse tempo, os policiais civis descobriram que, mesmo escondido, o suspeito continuava a praticar a venda de drogas  na cidade. Em virtude de não poder caminhar de forma livre pela cidade, Anaziel passou a contar com o apoio de Wellington Silva de Oliveira para concretizar o comércio do entorpecente.
 
Desse modo, na manhã de hoje, os policiais civis da Deic – Paraíso, com apoio de agentes das 1ª, 2ª e 3ª Delegacias de Polícia Civil locais, conseguiram localizar o paradeiro de Anaziel, que estava em uma residência localizada no Setor Milena, na cidade de Paraíso. No imóvel, os agentes também localizaram e prenderam o comparsa Wellington, além de apreenderem várias porções de cocaína, que já estavam embaladas e prontas para a venda.
 
Diante das evidências, os dois homens foram presos e conduzidos até a Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Paraíso, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Na oportunidade, o delegado Eduardo de Meneses também deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Anaziel. Após os procedimentos legais cabíveis, Anaziel e Wellington foram recolhidos à Casa de Prisão Provisória de Paraíso, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

COMPARTILHE:


Confira também:


Polícia Civil

Operação Walking Dead leva à recuperação de R$ 4,2 milhões em créditos tributários ao Tocantins

Empresa investigada na 2a Fase da Operação procedeu ao parcelamento da dívida pública e terá o inquérito policial suspenso até conclusão do pagamento.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira