Friday, 29 de May de 2020

JUSTIÇA


Combustível

PRF e Polícia Civil realizam ação conjunta para desarticular organização criminosa responsável pelo furto e venda ilegal de combustível

10 Jan 2020
PRF e Polícia Civil realizam ação conjunta para desarticular organização criminosa responsável pelo furto e venda ilegal de combustível

O flagrante ocorreu na madrugada de hoje, 10, por volta das 04h, na BR 153, próximo à divisa entre os municípios de Nova Rosalândia/TO e Oliveira de Fátima/TO. Na oportunidade agentes de Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil efetuaram a prisão em flagrante 5 pessoas que praticavam os crimes de furto qualificado, praticado em continuidade delitiva e Organização Criminosa, Venda e armazenamento irregular de combustíveis. Um sexto homem conseguiu fugir pelo mato quando viu a aproximação das viaturas.

Dos 5 homens presos, 4 são motoristas da empresa vítima do crime e 1 é o proprietário do estabelecimento clandestino. O homem que conseguiu fugir foi identificado como receptador do combustível ilícito.

A investigação começou após a PRF receber informações sobre a venda ilegal de combustíveis no referido local, conduta praticada de forma reiterada. Após levantamento de maiores informações, constatou-se a procedência da denúncia anônima.

Apurou-se de forma preliminar que motoristas responsáveis pelo transporte de Combustíveis da empresa paravam constantemente os caminhões no local, em atitudes suspeitas.

Vale destacar também que os postos de combustíveis que eram os destinatários finais dos combustíveis transportados pelos referidos motoristas, ora presos, perceberam nos últimos meses, uma diferenças significativa entre a quantidade de combustíveis efetivamente expelidos pelas bombas ejetoras e a quantidade de combustíveis supostamente despejado pelos caminhões tanques.

Depois de levantamento de dados realizados pelas equipes da PRF e da Polícia Civil, estas se reuniram e fizeram o acompanhamento tático dos caminhões e em seguida o flagrante do crime.

O primeiro caminhão parou no local do crime por volta das 03h30min e retirou o combustível, logo em seguida saiu pela BR-153 em direção a Oliveira de Fátima. Por volta das 04h00, outros dois caminhões da mesma empresa pararam no mesmo local para praticar o crime.

Quando estavam executando a prática criminosa, as equipes policiais flagram os indivíduos enchendo galões de combustível com mangueiras ligadas diretamente aos caminhões da empresa.

Um receptador participante do esquema, estava no local e já havia colocado alguns galões de combustível na carretinha de sua Camionete S10, mas ao verificar a aproximação da polícia conseguiu evadir do local.

Os outros indivíduos que foram presoss confessaram a prática dos delitos, sendo informado que outros motoristas da referida empresa também fazem parte do esquema criminoso.  

Após a prisão dos 3 motoristas e do proprietário do estabelecimento clandestino, um quarto caminhão da empresa se aproximou do local, mas o motorista ao perceber a presença de policiais, tentou se evadir pela BR 153, mas a equipe conseguiu realizar a abordagem e prender o suspeito.

No local e com os envolvidos foram apreendidos aproximadamente 1.200 (um mil e duzentos) litros de gasolina, aproximadamente 700 (setecentos) litros de Diesel, R$ 2.088,00 (Dois mil e oitenta e oito reais) em espécie, vários lacres utilizados para lacrar os caminhões de combustíveis, alguns intactos e outros violados e os celulares utilizados pelos criminosos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins chega a 3.611 casos de Covid-19 com 120 hospitalizados

Os dados contidos no boletim são consolidados com resultados de exames realizados no Lacen e notificações recebidas dos municípios até as 23:59h do último dia.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira