Tuesday, 27 de October de 2020

JUSTIÇA


Tocantins

Reeducandas conquistam novas oportunidades profissionais através de cursos de capacitação

21 Jul 2019
Reeducandas conquistam novas oportunidades profissionais através de cursos de capacitação

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio do Sistema Penitenciário e Prisional (Sispen/TO), promove a ressocialização de pessoas privadas de liberdade utilizando ferramentas como a qualificação profissional. Dessa forma, as Unidades Prisionais Femininas (UPFs) do Estado oportunizam cursos profissionalizantes com intuito de capacitar reeducandas para o mercado de trabalho e ampliar as chances de reinserção social.

Para a promover as capacitações, a Seciju conta com apoio da Secretaria de Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que oferta cursos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) voltado para o público prisional. Nas unidades de Lajeado, Pedro Afonso e Babaçulândia, a qualificação está voltada para o setor de beleza, através do curso de maquiagem. Já em Palmas, o curso foi realizado na área de empreendedorismo, com a capacitação em Agente de Desenvolvimento e Cooperativismo. 

O gerente de Reintegração Social, Trabalho e Renda ao Preso e Egresso, Leandro Bezerra, explica que a escolhas das unidades para realização dos cursos é feita de acordo com a manifestação de interesse dos gestores das mesmas. “Quando recebemos a relação de cursos disponíveis para oferta encaminhamos para os chefes de unidades, questionando sobre o interesse em realizá-los. Entre as unidades que se manifestam, nós escolhemos as que possuem maior possibilidade para execução”, esclareceu.

Maquiagem
Duas reeducandas de Lajeado estão sendo qualificadas para o mercado de trabalho por meio do curso profissionalizante de maquiagem.  O curso, com carga horária de 160 horas, tem previsão de encerramento até o dia 26 deste mês, proporcionando para as alunas uma nova oportunidade de inserção na sociedade.

De acordo com a professora, Carla Patrícia de Brito, as reeducandos receberam kits de maquiagem para serem utilizados no decorrer da capacitação. “No início do curso, as alunas receberam kits para a utilização nas aulas e orientações acerca das técnicas utilizadas na produção de maquiagem, além de praticarem o conteúdo ensinado. No decorrer da capacitação, as reeducandas tiveram um bom desenvolvimento e demonstraram cada vez mais interesse em aprender”, contou.

Na UPF de Pedro Afonso, três reeducandas se formaram no curso na quarta-feira, 17, que teve carga horária de 160 horas e foi desenvolvido com intuito de proporcionar qualificação das reeducandas para atuação em salões de beleza ou ainda na realização do próprio negócio possibilitando a geração de renda.

“O objetivo do curso foi proporcionar uma nova possibilidade profissional para as reeducandas, assim, elas poderão atuar na área quando forem reinseridas na sociedade, além disso, a qualificação possibilita remição de pena através do estudo, assim como prevê a Lei de Execução Penal”, explicou o chefe de segurança da UPF de Pedro Afonso, Acelides Batista.

Já em Babaçulândia, a formatura aconteceu na terça-feira, 16, com a capacitação de três mulheres, que poderão atuar como maquiadoras e encontraram no curso uma nova oportunidade de trabalho. Na unidade, o curso teve carga horária de 180 horas, dividido entre aulas teóricas e práticas.

Agente de Desenvolvimento e Cooperativismo 
Em Palmas, cinco reeducandas da Unidade Prisional Feminina participaram da capacitação em Agente de Desenvolvimento e Cooperativismo o encerramento das aulas foi realizado no dia 30 de junho. O curso, com carga horária de 160 horas, teve objetivo capacitar mulheres na área do empreendedorismo, no decorrer das aulas, as alunas foram preparadas para a atuação em cooperativas, desde a organização de assembleias até no processo de divulgação do cooperativismo. 

A professora, Gildene Soares, relata que ao longo do curso as reeducandas receberam informações acerca da história do cooperativismo, através de materiais dinâmicos. “A capacitação ocorreu através de materiais impressos, vídeos e palestras, tratando sobre a atuação no cooperativismo e sua história ao longo dos anos. Foi possível perceber o desenvolvimento das alunas no decorrer das aulas, demonstrando cada vez mais interesse, inclusive, elas sugeriram que a capacitação fosse realizada com maior duração de tempo”, afirmou.

A reeducanda, A.M.A.A.S, de 54 anos, conta que o curso proporcionou novas oportunidades para o mercado de trabalho. “Espero atuar na área do cooperativismo e fazer grandes negócios, o curso trouxe propostas interessantes para o mercado financeiro e depoimentos em vídeo dos cooperadores, isso despertou meu interesse em ir atrás dos meus sonhos”, relatou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins registra 47 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 229.676 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 74.229 casos confirmados. Destes, 61.832 pacientes estão recuperados, 11.313 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.084 pacientes foram a óbito.



Eleições 2020

Na Acipa, Prefeita Cinthia fala sobre justiça fiscal e a importância do diálogo entre poder público e entidades representativas

Cinthia afirma que a modernização fiscal é uma meta a ser perseguida no curto prazo, e que está em fase de contratação, junto ao BNDES, de recurso do Plano de Modernização da Administração Tributária, o PMAT.


Eleições 2020

Em Palmas, deputada Luana Ribeiro declara apoio à candidatura de Vanda Monteiro

Fico muito feliz em contar com seu apoio aqui na capital, pois soma conosco uma deputada muito atuante, além de determinada”, destacou.


Eleições 2020

Justiça Eleitoral manda Amastha remover fake news contra Cinthia

A decisão liminar ainda fixa multa de R$ 5 mil ao Amastha caso não cumpra a decisão judicial, que determina a imediata suspensão da propaganda eleitoral irregular.


Aureny III

Andrino assumiu o compromisso de revitalizar o asfalto das ruas e avenidas do local


Mulheres 77

Eli Borges diz que, se eleito, irá criar a Secretaria da Mulher


Região Sul

Se eleita, Cinthia garante que vai construir a tão sonhada rodoviária de Taquaralto


Arte

Instituto Isca beneficia mais de 300 pessoas com projeto de ação social em Araguaína


Oportunidade

Concurso para estudantes do ensino médio oferece premiação em dinheiro e viagem aos EUA


Palmas

Radares fixos da Avenida Teotônio Segurado são verificados pela Agência Estadual de Metrologia



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira