Sunday, 24 de May de 2020

JUSTIÇA


COVID-19

Segurança Pública inicia mapeamento georreferenciado para monitoramento do novo Coronavírus no Tocantins

05 Apr 2020
Segurança Pública inicia mapeamento georreferenciado para monitoramento do novo Coronavírus no Tocantins

Uma tecnologia para extração de informações sobre a localização geográfica constante em aparelhos celulares está sendo utilizada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO), em Palmas, para monitorar pacientes com resultado positivo para o novo Coronavírus (Covid-19) e, dessa forma, contribuir para reduzir o risco de disseminação do vírus.

 

O pioneiro trabalho da SSP-TO está sendo executado pelo Núcleo Especializado de Computação Forense da Superintendência de Polícia Científica e em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde da Capital (Semus). Pacientes de Palmas positivados para Covid-19, que aceitaram participar dessa pesquisa, assinaram formalmente um documento para que os peritos criminais pudessem ter acesso apenas à localização geográfica.

 

A ferramenta tecnológica aplicada aos celulares dos pacientes positivados realiza o cruzamento dos dados do aparelho celular e, dessa forma, obtém-se a localização geográfica de onde eles estiveram até o momento em que foi constatada a positividade para a contaminação pela Covid-19. No manuseio da ferramenta, os peritos criminais conseguem rastrear apenas informações de localização geográfica do paciente, preservando-se informações de cunho pessoal.

 

Finalidade

A finalidade da ferramenta tecnológica utilizada pelos peritos criminais da SSP-TO é realizar o cruzamento de dados georreferenciados para mapeamento das áreas de eventual contaminação pelo novo Coronavírus (Covid-19) e de possíveis pontos de novas contaminações.

 

Conforme o secretário da Segurança Pública, Cristiano Barbosa Sampaio, a SSP-TO está disponibilizando o trabalho da Polícia Científica para auxiliar nesse enfrentamento da pandemia. Segundo ele, o uso dessa ferramenta proporciona uma melhor tomada de decisões e planejamento de ações do Governo do Tocantins para manter os baixos índices de contágio e, assim, minimizar os impactos da crise.

 

Para a superintendente de Polícia Científica, Dunya Wieczorek Spricigo de Lima, por se tratar de uma doença nova e sem tratamento específico cientificamente comprovado, as ações preventivas para o seu enfrentamento são essenciais. Ela ressalta que o que a SSP-TO está fazendo em nível institucional é proporcionar, por meio da Perícia Criminal, condições técnico-cientificas para ações preventivas em grande escala, otimizando o trabalho de contenção da covid-19 já implementado pelo Governo do Tocantins.

 

Parceria

Para a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Palmas, Marta Malheiros Alves, o monitoramento de onde o paciente positivado para Covid-19 esteve propiciará a intervenção e a identificação de contatos. Além disso, a nova ferramenta possibilitará a realização da notificação e monitoramento de sintomas destas pessoas. A diretora ressalta é muito importante a identificação e a contenção da Covid-19, uma vez que ela é uma doença transmissível, cujos sintomas podem aparecer os sintomas em até 14 dias.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins chega a 2.591 casos no total; 52 pacientes foram a óbito

Os dados contidos no boletim são consolidados com resultados de exames realizados no Lacen e notificações recebidas dos municípios até as 23:59h do último dia.

COVID-19

Governo do Tocantins entrega reforço de camas automatizadas para unidades Hospitalares

As camas adquiridas ainda antes da pandemia da Covid-19 serão distribuídas nos 18 hospitais geridos pelo Estado e a entrega dos mobiliários faz parte de ações para melhor estruturação dos serviços de Saúde




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira