Tuesday, 23 de April de 2019

JUSTIÇA


Mobilização

Sindicato dos Delegados apoia Associação de Procuradores e rejeita PEC que oferece livre nomeação para o cargo de Procurador Geral do Estado

10 Feb 2019    16:56
Sindicato dos Delegados apoia Associação de Procuradores e rejeita PEC que oferece livre nomeação para o cargo de Procurador Geral do Estado

Uma nova Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de autoria do Deputado Ricardo Ayres (PSB), tramita na Assembleia Legislativa do Tocantins e pretende mudar o destino das nomeações para o cargo de Procurador Geral do Estado. A PEC nº 01 de 06 de fevereiro de 2019, tem o objetivo de modificar parágrafos dos artigos 51 e 56 da Constituição Estadual (CE), tornando assim possível a livre nomeação de titulares sem necessidade de estarem inclusos na carreira para a ocupação do cargo.

Para o presidente do Sindicato de Delegados da Polícia Civil (Sindepol/TO), Mozart Felix, o cargo requer preparação e independência funcional do profissional e não deve servir para atender interesses particulares dos governantes, por isso a manifestação contrária  à PEC apresentada. “O cargo exige do profissional uma preparação técnica e independência, admitir que o órgão seja gerido por alguém não integrante da carreira representaria enorme retrocesso. Outra justificativa para reprovar essa iniciativa é que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) deve ser um órgão do Estado do Tocantins, não pode servir aos anseios do governo, mas sim da sociedade tocantinense. Dito isso é importantíssimo que tenhamos um líder que seja membro da carreira ocupando o cargo de Procurador Geral do Estado, para que seja alguém comprometido com a instituição e não fique à mercê de interesses particulares de governantes”, afirma Mozart.

O presidente da Associação de Procuradores do Estado (APROETO), Rodrigo de Meneses, também se posicionou contrário à PEC e declara que a classe está unida contra a ação que tenta impedir a autonomia dos órgãos e prejudicar a sociedade como um todo. “A carreira está mobilizada para barrar a PEC! O estado do Tocantins tem a previsão na Constituição desde 2007, onde foi estabelecido que o Procurador Geral teria que ser um membro de carreira. A surpresa vinda por parte da Assembleia Legislativa é que querem retirar a obrigatoriedade do Procurador Geral ser membro de carreira, podendo assim ser nomeado pessoas que não compõem o quadro da PGE. Essa decisão traz um prejuízo enorme à toda a sociedade, pois quando é colocado alguém de fora da instituição, essa pessoa vai chegar totalmente perdida ou até mesmo descompromissada com o interesse público”, explica Rodrigo.

O que a PEC propõe e quais parágrafos querem mudar?
O § 1º. artigo 51 da Constituição Estadual é o primeiro que a PEC pretende mudar, na CE ele diz que: “A Procuradoria-Geral do Estado tem como chefe o Procurador-Geral do Estado, de livre nomeação do Governador, dentre os cidadãos maiores de trinta e cinco anos, de notável saber jurídico e reputação ilibada”.

O segundo a passar por mudanças é o artigo 56 que diz: “O Procurador-Geral será nomeado pelo Presidente da Assembleia Legislativa, dentre os procuradores de carreira.”

De acordo com os artigos, A PEC propõe que as escolhas dos titulares dos dois cargos feitas pelos chefes dos poderes Executivo e Legislativo sejam livres e de fora de carreira, bastando somente ter 35 anos, saber jurídico e reputação ilibada.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Bolsonaro não vê motivos para greve dos caminhoneiros, diz porta-voz

A expectativa do governo do presidente Jair Bolsonaro, que mantém diuturnamente um canal aberto de ligação com a categoria, é de que não há motivos para essa paralisação", afirmou durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

PreviPalmas

CPI do PreviPalmas prossegue com oitivas de testemunhas

O restante das verbas foi utilizado para pagamento de despesas ordinárias. Ele se comprometeu, perante os membros da CPI, a enviar relatório discriminado dos levantamentos contábeis e financeiros realizados sob sua gestão.



Turismo

Potencial turístico das Serras Gerais é tema de evento em Palmas

Programação terá dois momentos, encontro técnico, pela manhã, e apresentação de potencialidades e atrações culturais para formadores de opinião, à noite


Militares

Governo do Estado promove policiais militares e bombeiros nesta segunda

Governo vai promover 1.541 policiais militares e 186 bombeiros nesta segunda-feira, 22. Evento ocorrerá em Palmas e contará com a presença do governador Mauro Carlesse


Planos de Saúde

Defensoria Pública orienta sobre diretos básicos para usuários de planos de saúde

Conheça quais os direitos que o paciente deve exigir, prazos e coberturas para a realização de exames, tratamentos e internações


Segurança no HGP

Governador solicita reforço permanente do efetivo da Polícia Militar no HGP


Bancada Federal

Carlesse destaca trabalho da bancada federal em prol do Tocantins


Saúde

Governo implanta medidas que dão transparência ao paciente na área da Saúde


Combate ao Crime

Operação Intramuros prende mais uma integrante de facção criminosa de atuação nacional


Palmas

Concurso Público Nacional já tem fotografias premiadas


Serviço

Hemorrede precisa de doação para suprir demandas de Araguaína e região



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira