Saturday, 04 de July de 2020

JUSTIÇA


Mobilização

Sindicato dos Delegados apoia Associação de Procuradores e rejeita PEC que oferece livre nomeação para o cargo de Procurador Geral do Estado

10 Feb 2019
Sindicato dos Delegados apoia Associação de Procuradores e rejeita PEC que oferece livre nomeação para o cargo de Procurador Geral do Estado

Uma nova Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de autoria do Deputado Ricardo Ayres (PSB), tramita na Assembleia Legislativa do Tocantins e pretende mudar o destino das nomeações para o cargo de Procurador Geral do Estado. A PEC nº 01 de 06 de fevereiro de 2019, tem o objetivo de modificar parágrafos dos artigos 51 e 56 da Constituição Estadual (CE), tornando assim possível a livre nomeação de titulares sem necessidade de estarem inclusos na carreira para a ocupação do cargo.

Para o presidente do Sindicato de Delegados da Polícia Civil (Sindepol/TO), Mozart Felix, o cargo requer preparação e independência funcional do profissional e não deve servir para atender interesses particulares dos governantes, por isso a manifestação contrária  à PEC apresentada. “O cargo exige do profissional uma preparação técnica e independência, admitir que o órgão seja gerido por alguém não integrante da carreira representaria enorme retrocesso. Outra justificativa para reprovar essa iniciativa é que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) deve ser um órgão do Estado do Tocantins, não pode servir aos anseios do governo, mas sim da sociedade tocantinense. Dito isso é importantíssimo que tenhamos um líder que seja membro da carreira ocupando o cargo de Procurador Geral do Estado, para que seja alguém comprometido com a instituição e não fique à mercê de interesses particulares de governantes”, afirma Mozart.

O presidente da Associação de Procuradores do Estado (APROETO), Rodrigo de Meneses, também se posicionou contrário à PEC e declara que a classe está unida contra a ação que tenta impedir a autonomia dos órgãos e prejudicar a sociedade como um todo. “A carreira está mobilizada para barrar a PEC! O estado do Tocantins tem a previsão na Constituição desde 2007, onde foi estabelecido que o Procurador Geral teria que ser um membro de carreira. A surpresa vinda por parte da Assembleia Legislativa é que querem retirar a obrigatoriedade do Procurador Geral ser membro de carreira, podendo assim ser nomeado pessoas que não compõem o quadro da PGE. Essa decisão traz um prejuízo enorme à toda a sociedade, pois quando é colocado alguém de fora da instituição, essa pessoa vai chegar totalmente perdida ou até mesmo descompromissada com o interesse público”, explica Rodrigo.

O que a PEC propõe e quais parágrafos querem mudar?
O § 1º. artigo 51 da Constituição Estadual é o primeiro que a PEC pretende mudar, na CE ele diz que: “A Procuradoria-Geral do Estado tem como chefe o Procurador-Geral do Estado, de livre nomeação do Governador, dentre os cidadãos maiores de trinta e cinco anos, de notável saber jurídico e reputação ilibada”.

O segundo a passar por mudanças é o artigo 56 que diz: “O Procurador-Geral será nomeado pelo Presidente da Assembleia Legislativa, dentre os procuradores de carreira.”

De acordo com os artigos, A PEC propõe que as escolhas dos titulares dos dois cargos feitas pelos chefes dos poderes Executivo e Legislativo sejam livres e de fora de carreira, bastando somente ter 35 anos, saber jurídico e reputação ilibada.

COMPARTILHE:


Confira também:


Educação

Carlesse autoriza transporte escolar urbano gratuito nas 3 maiores cidades do Tocantins

Medida vai beneficiar a comunidade em geral, tendo em vista que a retomada das aulas não provocará aumento no volume de passageiros do transporte coletivo destas cidades

Pandemia

Tocantins registra 291 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 11.736 casos no total, destes, 7.324 pacientes estão recuperados, 4.201 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 211 pacientes foram a óbito.



Tocantins

Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação

O Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação e essa, é a primeira unidade de conservação de proteção integral municipal do Tocantins, criada por meio do Decreto Municipal nº 034|2012, com apoio do Naturatins, da Semar


Infraestrutura

Entrega de máquinas fecha ações do Governo do Tocantins em infraestrutura rodoviária no primeiro semestre de 2020

Nesse período, também foram entregues trechos de rodovias reconstruídos e intensificados os serviços de manutenção


Economia

Intenção de consumo das famílias de Palmas cai novamente em junho

Sobre o consumo especificamente, 59,6% dos entrevistados acham que estão comprando menos que no ano passado e 45,9% acreditam que o consumo nos próximos meses tende a ser menor que no ano passado.


Eleição CREA-TO

Engenheiro Jefferson segue na liderança para Presidente do CRE-TO


Artistas e empresas se juntam para a Live “Amor por Palmas”


Tocantins

Candidatos às eleições do Confea/Crea/Mútua querem prorrogação da data de votação


O CIRCO VAI À SUA CASA

Festival de Circo de Taquaruçu inicia edição histórica em meio à pandemia


Meio Ambiente

Governo do Tocantins mantém processos de regularização ambiental com Atendimento On-line


Tocantins

Conselho lamenta aumento na tarifa de energia elétrica do Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira