Monday, 24 de June de 2019

OPINIÃO


Adote um atleta

01 Aug 2012

*Prof. Dr. Valmor Bolan


Em tempos de Olimpíadas, precisamos apoiar iniciativas que favoreçam o esporte em nosso País, como investimento na formação dos nossos jovens.  Através das atividades esportivas (e são tantas as modalidades) é que poderemos auxiliar o processo educativo dos nossos jovens, pois dessa forma estaremos evitando os escapismos que temos visto se alastrar por toda a parte. Quando falta um sentido de vida aos jovens, então as drogas, a violência, tudo pelo prazer, etc., acaba sendo fuga, com as consequências já conhecidas e tão divulgadas diariamente pela imprensa. Então, há um meio de minimizar os danos de uma vida sem sentido: motivando o jovem à educação e ao esporte, sempre com princípios e valores de vida.

Há um programa muito interessante nesse sentido chamado "Adote um Atleta". Trata-se de  pais que adotam crianças carentes com uma quantia mensal destinada para que elas participem de uma atividade esportiva, custeando assim o desenvolvimento de uma caminhada que leve esta criança a se aprimorar em alguma modalidade esportiva, chegando inclusive a alcançar um desempenho que a capacite a participar das Olimpíadas. Um programa empreendido geralmente por alguma associação de famílias, que dão proteção e promoção às crianças vocacionadas ao esporte, criando assim efetivas oportunidades. Uma iniciativa como esta, de valorização humana, deveria se estender por todo o País, não apenas vindo de entidades, mas também de parcerias da iniciativa privada  com o poder público (em todos os níveis) para que, inclusive, o Brasil amplie seu potencial de medalhas olímpicas. O que vemos, nos jogos olímpicos, sempre países como a China e os Estados Unidos levarem as melhores medalhas, isto porque, gostem ou não, esses países fazem um forte investimento na educação, e preparam seus jovens para serem vencedores também no esporte. O resultado fica evidente, eles levam o maior número de medalhas olímpicas. O Brasil só será um país desenvolvido quando fizer esta tarefa de casa, seguindo o exemplo dos países cujos governos investem, de verdade, nas crianças e jovens, para que alcancem o sucesso que desejam, nas atividades esportivas.

Por isso, apoiamos o programa "Adote um Atleta" e esperamos que tal iniciativa seja empreendida pelos governos municipais e estaduais, criando assim uma rede de apoio, com contribuições de empresas, ONGs e poderes públicos, para que possamos, quem sabe, nas Olimpíadas de 2016, no Brasil, ver crescer, de modo concreto, as chances dos nossos jovens em obter medalhas olímpicas.
 
*Valmor Bolan é Doutor em Sociologia e Presidente da Conap/MEC (Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do Prouni).

COMPARTILHE:


Confira também:


Opinião

Cenário político de Palmas: “aparentar ser ” e o “fazer de fato”

É fato que a campanha eleitoral de 2020 já começou. As pedras já estão se posicionando no tablado. Até o momento, de oficial mesmo, somente a candidatura à reeleição da prefeita Cinthia


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira