Monday, 19 de February de 2018

Monday, 19 de February de 2018

OPINIÃO


Política

As leis fracas e os paladinos

24 Jul 2017

Ao mesmo tempo em que o governo faz a festa dos parlamentares do baixo clero, dando-lhe as benesses nunca antes conseguidas, para evitar o afastamento do presidente, tramitam pela Câmara dos Deputados projetos que ainda vão dar muito que falar. No novo Código de Processo Penal, os parlamentares ensaiam mudar a delação premiada, fixar limite de tempo para a prisão preventiva e criar limites para a condução coercitiva. Num primeiro momento, essas providências parecem legislação em causa própria, pois atingirão os pilares da Operação Lava Jato, onde dezenas de congressistas estão envolvidos e outros ainda poderão ser alcançados. Outra proposta é eliminar a prisão dos condenados em segunda instância, além da emenda Lula, que pretende proibir a prisão de candidatos.

Não há dúvida de que a nossa legislação penal precisa ser modernizada. O Código Penal data de 1940 e o de Processo Penal de 1941, atualizado em 2008. Durante todos esses anos, a esperteza dos criminosos e o profissionalismo dos seus defensores encontraram imensas brechas que levam à nefasta impunidade e são um incentivo à prática delituosa.  Essa legislação genérica deveria ter atualização em períodos pré-determinados. A cada quatro anos, por exemplo. Dessa forma, os parlamentares de todos os mandatos teriam a obrigação de realizar uma pequena reforma e não seriam expostos ao constrangimento de legislar em causa própria, como  hoje se aponta. E, ainda, seriam fechadas as brechas que tanto têm potencializado as injustiças e o crime no país.

As leis – desde os códigos até as específicas – devem ser elaboradas de forma a sustentar o funcionamento da sociedade e dar garantias ao cidadão quanto aos seus direitos. Quando ficam muito velhas e desatualizadas, em vez disso, abrem a possibilidade de inovações que levam à radicalização. Os institutos da delação, prisão preventiva, condução coercitiva, a entrada em domicílio e outras medidas hoje largamente praticadas, precisam de urgente regulamentação e padronização. Não para inibir o cumprimento da ação penal, mas para evitar os possíveis excessos. O país precisa de um ordenamento legal forte e atualizado e não carece de paladinos que executem suas tarefas com pirotecnia ou glamour. Quando a lei é fraca, dúbia ou desatualizada, abre chance para a figura do herói efêmero, que pode proporcionar-lhe satisfação pessoal, mas em nada beneficia o país e a sociedade.  Mesmo indiciado, o cidadão tem seus direitos, que precisam ser respeitados. Não deve pagar pena maior do que a estabelecida em lei...
 
*Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assistência Social dos Policiais Militares de São Paulo) 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

3

PARABÉNS!
PARABÉNS!

4

BOM
BOM

3

AMEI!
AMEI!

5

KKKK
KKKK

2

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

4

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

3

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Prefeitura não cobrará mais taxa de revisão de IPTU

Zini reafirmou que a Prefeitura está à disposição dos contribuintes que observarem eventuais divergências de valores do imposto.

Amastha

Em vídeo, Amastha detalha descontos do IPTU, reforça diálogo e faz apelo a servidores

Prefeito da Capital reforça que gestão está aberta para atender a contribuintes que observarem eventuais distorções no valor venal do imóvel, base de cálculo do imposto


Ciência & Tecnologia

Aspectos centrais sobre TI na Gestão Institucional - Parte 7

Por Daniel Nascimento-e-Silva*


Palmas

Amastha prestigia abertura de empreendimento que investiu meio milhão de reais em Palmas

O empresário Daniel Oliveira, um dos sócios do Wings, afirmou que o planejamento para a instalação do estabelecimento começou há um ano e meio e há oito meses começou a implantação


Tocantins

Projetos sociais desenvolvidos nas unidades prisionais do Tocantins transformam vidas de detentos


Palmas

Prefeita em exercício entrega chave da cidade para presidente do Comadec


Ataídes

Em reunião com trabalhadores rurais, Ataídes concluiu programação no Bico do Papagaio, nessa quinta


Brasil

Deputados do Tocantins são homenageados por vereadores de todo Brasil


Câmara

Líderes de Câmaras Municipais de todo o país são recebidos na Câmara de Palmas


Irrigação

O que é irrigação inteligente?



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira