Thursday, 21 de March de 2019

OPINIÃO


Opinião

Dia Nacional do Patrimônio Histórico

19 Aug 2018    10:24    alterado em 19/08 às 10:24
Dia Nacional do Patrimônio Histórico

Por Thaís Almeida de Aguiar, graduada em Direito pela Faculdade Católica do Tocantins.

Na data de 17 de agosto comemoramos o Dia Nacional do Patrimônio Histórico. A Constituição Federal de 1988 (CF/88) em seu artigo 24, inciso VII, conferiu à União, aos Estados e ao Distrito Federal a competência concorrente para legislar sobre a proteção ao patrimônio histórico, cultural, artístico e paisagístico, competindo, ainda, aos municípios promover a proteção histórico-cultural local.

São considerados como patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial que fazem referência à identidade da sociedade brasileira, neste rol se incluem, de acordo com o artigo 216 da CF/88: as formas de expressão, os modos de criar, fazer e viver, as criações científicas e tecnológicas, as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais e os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico, sendo dever do Poder Público, em parceria com a sociedade, promover sua proteção.

 Em âmbito federal o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) é o órgão responsável pela preservação dos bens culturais do país, trata-se de uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura. Estima-se que no Brasil existam mais de 3 (três) mil patrimônios culturais materiais e 41 (quarenta e um) patrimônios culturais imateriais.

São meios de proteção ao patrimônio cultural brasileiro os inventários, os registros, a vigilância, o tombamento e a desapropriação, todos previstos na Carta Magna. O Decreto Lei nº 25 de 1937, dispõe sobre a organização do patrimônio histórico e artístico nacional, seu artigo 1º diz: “Constitui o patrimônio histórico e artístico nacional o conjunto dos bens móveis e imóveis existentes no país e cuja conservação seja de interesse público, quer por sua vinculação a fatos memoráveis da história do Brasil, quer por seu excepcional valor arqueológico ou etnográfico, bibliográfico ou artístico”.

A preservação do Patrimônio Histórico Nacional é vital para o conhecimento da história de uma nação, conservando para as futuras gerações a história de seu povo. Sabe-se que a expansão urbana, aliada ao desenvolvimento econômico e social põe em risco as paisagens urbanas e rurais, assim, devem-se preservar as formas de expressão, os objetos e construções que relatam a evolução do país. Pugna-se por uma existência harmoniosa com a natureza e a consequente melhora na qualidade de vida, garantindo fundamento da dignidade humana.

COMPARTILHE:


Confira também:

Crônica
O TEMPO

Redução

Aneel diz que pagamento de empréstimos reduzirá tarifa de energia

A quitação antecipada vai gerar economia de R$ 8,4 bi para consumidor

São Paulo

XI Congresso Internacional Six Sigma Brasil acontecerá em momento decisivo de recuperação do país

Evento apresentará metodologias de gestão internacionalmente aceitas, capazes de contribuir com o avanço das empresas brasileiras


Transplantes de Córneas

Estado realizou 128 transplantes de córnea por intermédio e captação do Banco de Olhos

Oftalmologista, responsável técnica do BOTO, Doutora Núbia Maia aconselha o diálogo familiar sobre a doação de órgão para sanar a dúvida da família.


Crime

Corte estético de cauda e orelha de animais é crime ambiental

Além disso, os cães de cauda comprida possuem essa estrutura anatômica como contrapeso em corridas. “O corte acaba interferindo no equilíbrio natural do animal”, afirma.


Lançamento

Campanha da Fraternidade 2019 é lançada na Câmara Municipal


Balanço

ICMS Ecológico encerra prazo com adesão de 136 municípios


Energisa ouve clientes em audiência pública sobre projetos de eficiência energética


Palmas

Estudantes da UFT vencem 1º Prêmio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins


18 de março

Dia da Autonomia homenageia luta de antepassados pela emancipação do norte de Goiás


Norte

Saúde negocia com profissionais para iniciar serviço de radioterapia em Araguaína



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira