Thursday, 21 de November de 2019

OPINIÃO


Ponto de vista

O percurso necessário para nos tornarmos uma potência no turismo

12 Oct 2019    13:05    alterado em 12/10 às 13:05
O percurso necessário para nos tornarmos uma potência no turismo

Por Rafael Rápres
Redes sociais: @rapres
Telefone: +55(63) 9 8117-1300

O turismo no Brasil engatinha como uma criança de oito meses, e tão pouco percebemos como isso impacta em nossa economia local. Nossas belezas naturais são reconhecidas  em conjunto  com a simpatia do povo brasileiro, mas estes fatores não salvam o turismo regional.

O país tupiniquim já viveu anos dourados com o vislumbre internacional da cultura latina, seja nas festas regionais, no futebol ou por sermos uma nação que espelha a hospitalidade. Essa época dourada se remete na exploração audiovisual de períodos vindouros como as décadas de 50 e 60, quando o mundo começou a ver um Brasil diferente com ritmo e sabores inigualáveis.

No entanto a lição não foi completada, e através dos anos não estruturou-se a altura as demandas para tornamos o país uma potência mundial nesta área. Nossos recursos naturais são uma verdadeira vitrine de sinergia  positiva da pluralidade local  e poderiam muito bem ser o tempero ideal para catapultar num ritmo vertiginoso a cultura da viagem, assim os brasileiros teriam mais oportunidades e facilidades para conhecer a própria nação.

Podemos observar que estamos no início de medidas importantes como as privatizações dos aeroportos, e abertura para novas companhias aéreas   que podem culminar com uma melhora importante para a logística geral, porém nem tudo são flores. Há erros pontuais  com excessos de burocracias para pluralidade das logísticas dando oportunidade para exploração sustentável dos turismo em regiões com potencial ecológico, e principalmente apoio na segurança pública para os turistas.

Outro fator interessante de salientar, é  a falta de inclusão de tecnologias e treinamentos para que os agentes de turismo saibam adequar às vontades dos visitantes, isso inclui melhoria substancial no aprendizado de outros idiomas como o inglês e espanhol línguas altamente difundidas mundo a fora. A simplificação não é visual/concreta para investir nesses campos  que aproxima os visitantes da diversidade das macrorregiões, ou seja, é um limbo sem fim onde  poucos sobressaem nesta jornada.

A prioridades que estão somadas ao interesse público atreladas às boas políticas que possa mesclar com o progresso das várias regiões do país. O que atentarmos, é que o cidadão comum fica perdido quando pretende investir ou empreender no ramo, encontram vários obstáculos que pode levar à desistência e provavelmente a um desânimo para progredir.

Provavelmente muitos dos amantes das viagens culturais   já  depararam-se s com questões  que aguça  indagações, e principalmente por que não solidifica  mudanças em locais com tanto potencial turístico. Logo nos abstrairmos das belezas naturais, e seguimos o ritmo paralelo das descobertas, para não abrir espaços para frustrações.

Portanto os protagonistas dessas mudanças podem surgir com o tempo, quando priorizar as políticas públicas essenciais para  nicho aqui descrito, com o adventos da simplificação da comunicação e tecnologias, redução de burocracias  e mudanças estruturais políticas para  vislumbrar num futuro próximo, as transformações positivas na logística e investimentos em atrações  que nos levam a experiências únicas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Unale

Deputados discutem humanização das leis em encontro da Unale

Com o tema principal "Humanizando as Leis em um Novo Tempo", o evento está recebendo 13 dos 24 deputados estaduais do Tocantins.

Serviço

Cia de Teatro UMPONTODOIS realiza seleção para ator convidado

Ator selecionado irá compor o elenco do novo espetáculo, que estreará em março de 2020.


Paralimpíadas

Atleta do Tocantins é premiada durante cerimônia de abertura das Paralimpíadas Escolares 2019

Maria Eduarda Araújo ficou em segundo lugar pela região Norte, no Concurso Cultural promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro


Serviço

TIM busca parceiros para abertura de lojas em três cidades do Tocantins

A TIM oferece ao investidor apoio para sua gestão com orientação para o projeto arquitetônico que a marca possui para suas lojas, incluindo mobiliário e identidade visual.


Pierre de Freitas

Memorial Coluna Prestes recebe exposição de obras do artista Pierre de Freitas


Mobilização

Força tarefa se mobiliza em prol de indígenas venezuelanos refugiados em Palmas


Segurança

Carlesse busca mais recursos para Segurança Pública em audiência com ministro Moro


Vestibular Unitins

Estão abertas as inscrições para primeiro vestibular do novo Câmpus da Unitins em Paraíso


Museu

Palacinho é reaberto e ex-governador Siqueira Campos homenageado


Sarampo

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de novembro



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira