Thursday, 21 de March de 2019

OPINIÃO


Opinião

Para onde vamos?

20 Jun 2018    15:43    alterado em 20/06 às 15:43
Divulgação Para onde vamos? Um símbolo do filme é o celular do advogado, que não para de tocar.

Por Oscar D'Ambrosio

Lembra daquelas perguntas célebres: De onde viemos? O que somos? Para onde vamos? Ao adaptar a peça “O Deus da Carnificina”, de Yasmina Reza, para o cinema, o diretor Roman Polanski nos obriga a pensar muito na terceira delas. Qual é o objetivo da nossa vida numa sociedade conturbada, na qual a violência se faz onipresente embora exista um discurso pacifista que parece querer permear todas as nossas ações?

O eixo da narrativa é a agressão que uma criança de 11 anos fez contra outra da mesma idade num parque. O casal do menino agressor e do agredido marcam uma reunião para esclarecer o acontecido. E a reunião aparentemente civilizada se torna uma batalha campal, literalmente, com direito a todo tipo de assédio psicológico e verbal.

O debate vai muito além da violência entre as crianças. Entra pela discussão sobre dois casamentos em crise e por relações degastadas de cada personagem com o mundo. De um lado, o vendedor de materiais de construção inicialmente passivo e a autora de livros de história aparentemente controlada; do outro, um advogado e uma corretora da bolsa de valores.

Um símbolo do filme é o celular do advogado, que não para de tocar. Torna-se uma conexão com um mundo cruel e competitivo, em nada diferente das relações do apartamento em que os personagens discutem. Não há espaço para a paz ou para o diálogo sincero. O telefone celular continua chamando... E cada um apenas se escuta; e uns devoram aos outros sem cessar.

Oscar D'Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

COMPARTILHE:


Confira também:

Crônica
O TEMPO

Redução

Aneel diz que pagamento de empréstimos reduzirá tarifa de energia

A quitação antecipada vai gerar economia de R$ 8,4 bi para consumidor

São Paulo

XI Congresso Internacional Six Sigma Brasil acontecerá em momento decisivo de recuperação do país

Evento apresentará metodologias de gestão internacionalmente aceitas, capazes de contribuir com o avanço das empresas brasileiras


Transplantes de Córneas

Estado realizou 128 transplantes de córnea por intermédio e captação do Banco de Olhos

Oftalmologista, responsável técnica do BOTO, Doutora Núbia Maia aconselha o diálogo familiar sobre a doação de órgão para sanar a dúvida da família.


Crime

Corte estético de cauda e orelha de animais é crime ambiental

Além disso, os cães de cauda comprida possuem essa estrutura anatômica como contrapeso em corridas. “O corte acaba interferindo no equilíbrio natural do animal”, afirma.


Lançamento

Campanha da Fraternidade 2019 é lançada na Câmara Municipal


Balanço

ICMS Ecológico encerra prazo com adesão de 136 municípios


Energisa ouve clientes em audiência pública sobre projetos de eficiência energética


Palmas

Estudantes da UFT vencem 1º Prêmio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins


18 de março

Dia da Autonomia homenageia luta de antepassados pela emancipação do norte de Goiás


Norte

Saúde negocia com profissionais para iniciar serviço de radioterapia em Araguaína



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira