Monday, 22 de July de 2019

OPINIÃO


Opinião

Princípios da Administração Pública

16 Aug 2018    21:56    alterado em 16/08 às 21:56
Princípios da Administração Pública

Por Thaís Almeida de Aguiar, graduada em Direito pela Faculdade Católica do Tocantins.

A República Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito e conforme o artigo 1º da Constituição Federal de 1988 (CF/88) seus fundamentos são: a soberania, cidadania, dignidade humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político.

O Poder Público exerce suas atividades por meio da Administração Pública, que se compõe por órgãos e agentes públicos, devendo obedecer aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Estes princípios são norteadores da atuação pública e sua não observação pelos agentes públicos é tido como crime de improbidade administrativa.

O princípio da legalidade é entendido como: as ações dos órgãos públicos estão sujeitas a lei, o administrador público só pode atuar nos limites estipulados pela legislação. A Impessoalidade pode ser entendida por dois vértices: o primeiro, em que todos os administrados serão tratados de forma igualitária, em outro ponto as ações do agente público são atribuídas ao órgão e não ao sujeito público. Por sua vez, a moralidade estabelece que a ética e a honestidade devem ser observadas, a publicidade diz que os atos administrativos serão públicos, sendo o sigilo uma exceção, pugnando pela transparência da máquina estatal. Por fim, o princípio da eficiência foi introduzido por meio da Emenda Constitucional nº 19 e dispõe que o administrador atuará de forma a produzir com o menor gasto possível, sempre zelando pela economia material e qualidade do ato ou fato.
Outros princípios são arrolados no ordenamento jurídico brasileiro, como exemplo a Lei nº 8.666/1993 que Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências, em seu artigo 3º estão princípios como a isonomia, igualdade, probidade administrativa, entre outros.

Os princípios pautados no texto legal não são taxativos, podendo estender-se para a garantia da dignidade humana. Mister se faz esclarecer que o fim da Administração Pública é sempre o bem comum, sendo a finalidade dos seus atos o bem geral. Assim, o agente público deve pautar suas ações na ética, honestidade e verdade, construindo uma sociedade justa e igualitária.

Somente com a disseminação da educação e o acesso à cultura, o país se tornará melhor, com a mentalidade que todos somos parte de um todo, no qual nossas ações refletem na comunidade em que vivemos. Deste modo, não só os agentes públicos, mas todos os cidadãos devem pautar sua conduta nos valores da ética e da moral, exalando o respeito e a empatia pelo próximo.

COMPARTILHE:


Confira também:


Cuiabá

Em encontro com o ministro Dias Tofolli, presidente do TJTO defende autonomia dos Tribunais para aprovar projetos de interesse do Judiciário estadual

Do encontro convocado pelo ministro Dias Toffoli e no qual ele franqueou a palavra a todos os presidentes dos tribunais, saiu a Carta de Cuiabá

Estacionamento Rotativo

Tribunal de Justiça reconhece competência do TCE para emitir cautelar durante julgamento sobre o Estacionamento Rotativo de Palmas

O relator do processo, desembargador Ronaldo Eurípedes, apresentou seu voto no último dia 27 de junho negando o pedido da empresa com fundamento. no posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF)



Seciju

Ações contra violações de direitos são realizadas em praias do estado

Equipes técnicas da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) participaram de reuniões para fortalecimento da Rede de Proteção e realizaram ações de sensibilização nas praias de Porto Nacional e Pedro Afonso e fortaleceram a Rede de Proteção.


PM

Ação conjunta da Polícia Civil do Tocantins e da Polícia Militar de Goiás resulta na prisão de homicida foragido de Araguaína

Ele é suspeito de ser o autor de pelo menos dois homicídios praticados, em Araguaína, nos anos de 2018 e 2019 e foi capturado, mediante cumprimento a mandados de prisão preventiva, oriundos da 1° Vara Criminal da Comarca de Araguaína.


Regularização

Governo inova em gestão e abre portas do Instituto de Terras do Tocantins para estágio em 2019

O Instituto de Terras do Tocantins vem trabalhando com responsabilidade e eficácia para contribuir a cada dia com o desenvolvimento do Estado.


CPPA

Suspeito de cometer homicídio em 2015 é preso pela Polícia Civil em Araguaína


Premiação

EDP, controladora da Investco e da Enerpeixe no Tocantins, está entre as 15 marcas mais valiosas no mundo


Resgate

Paciente em estado grave é transportado de Miracema para Palmas pelas equipes do CIOPAER e SAMU


TV

Gastronomia alemã é o próximo desafio do MasterChef


Encceja

100% das unidades prisionais e socioeducativos realizarão o Encceja PPL 2019


Turismo

Adetuc projeta aumento de turistas e movimentação de mais de R$ 118 milhões na Temporada de Praias 2019



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira