Friday, 18 de September de 2020

OPINIÃO


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica

15 Sep 2020
Divulgação Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica

O Procon Municipal de Palmas realizou entre os dias 9 a 11 de setembro uma pesquisa de preços dos produtos que compõem a cesta básica. As equipes de fiscalização do órgão visitaram nove estabelecimentos comerciais nas diversas regiões da Capital.

Na pesquisa foram coletados os preços de 17 itens. O objetivo é apresentar aos consumidores os valores aplicados no mercado, permitindo o exercício da escolha consciente. Alguns produtos apresentaram variação significativa de um estabelecimento para outro, foi o caso do molho de tomate de 340 g. O produto apresentou uma diferença de 152% entre o menor e o maior preço pesquisado. Outro produto que apresentou uma grande diferença de preço entre um estabelecimento e outro foi o flocão de milho de 500 g. O produto foi encontrado pelo menor preço a R$ 0,98 e o maior R$ 1,79 o que representa uma variação de 83% de um estabelecimento para outro.

Já os produtos que fazem parte da alimentação do brasileiro diariamente, apresentaram variações que chegam a 56%. É o caso do feijão carioca de 1 kg. O produto foi encontrado pelo menor preço de R$ 6,10 e o maior de R$ 9,49; o arroz de 5 kg apresentou uma variação de 25% sendo vendido pelo menor preço de R$ 23,99 e o maior de R$ 29,99. O sal de 1 kg teve diferença de 69%, o produto foi encontrado pelo menor preço de R$ 2,95 e o maior de R$ 4,99. O óleo de soja de 900 ml foi encontrado pelo menor preço de R$ 5,89 e o maior de R$ 7,99, o que representa uma variação de 36%. Quanto ao macarrão espaguete 500 g, o menor preço do produto foi encontrado de R$ 2,99 e o maior de R$ 4,99 representando uma variação de 67%.

Entre todos os itens pesquisados o que apresentou menor variação de preço de um estabelecimento para o outro foi café moído de 250 g. O menor preço do produto encontrado foi R$ 4,89 e o maior R$ 5,19, uma variação de 6%.

De com a superintendente do Procon Municipal de Palmas, Valéria Morais, os consumidores devem ficar atentos a pesquisa de preço antes de adquirir qualquer produto, pois os valores estão sujeitos à alteração conforme a data da compra, em função de possíveis descontos, ofertas ou promoções, promovidos pelos estabelecimentos. “A orientação é que o consumidor evite comprar em grande quantidade para estocar em casa, pois tal atitude contribui para que os preços das mercadorias sejam elevados”, informou. (Fonte:Procon/Palmas). 

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação "Cama de Tut"

Polícia Federal investiga supostas fraudes a licitações para aquisição de camas hospitalares no Tocantins

A operação “Cama de Tut” é uma referência ao luxuoso leito do faraó Tutancâmon, uma vez que as injustificadas especificações do certame limitaram o processo aquisitivo a apenas um modelo de cama hospitalar, tida como uma das mais requintadas do mercado.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira