Saturday, 24 de February de 2018

Saturday, 24 de February de 2018

OPINIÃO


Brasil

Revolução ética, a necessidade brasileira

07 Apr 2017

É deplorável saber que o presidente da República foi obrigado a assumir pessoalmente a coordenação política e abrir o balcão de liberação de recursos e nomeações para evitar que os parlamentares da base aliada rejeitem projetos de interesse do governo. Esse procedimento  demonstra que, no parlamento brasileiro, o que determina a aprovação das matérias não é a sua qualidade ou interesse público, mas a possibilidade de barganha do voto do deputado ou senador por recursos públicos à sua base eleitoral ou nomeação de seus apadrinhados. Talvez seja essa a razão de muitas e relevantes matérias comprometidas com o interesse público ficarem esquecidas nas gavetas do Congresso. Supostamente não geraram o nefasto favorecimento às aves de rapina e, por isso, restaram engavetadas.

Essa ideia do parlamento feito balcão de trocas causa profunda lesão à imagem dos parlamentares e da própria instituição. Afinal, todos os eleitos dispõem de salário, assessoria, moradia e recursos para o exercício do mandato. É impróprio que, além disso, ainda exijam outras vantagens para só assim cumprirem o dever de discutir e votar os projetos que lhes são submetidos.  Ao movimentarem o balcão de trocas, tanto o chefe do Executivo e sua equipe quanto os parlamentares, arrepiam a ética, pagando ou recebendo benesses para que uma obrigação de ofício seja levada a termo. Deveriam ser mais cuidadosos.

É bem verdade que nosso país sempre abrigou uma caótica vida política. Os militares derrubaram o imperador e fizeram a República. O regime sofreu muitas escaramuças, golpes e tentativas, sendo mais explícitas as quebras constitucionais de 1930 e 1964. Viveu períodos de liberalismo e de autoritarismo. Os políticos sempre foram mal vistos, chegando-se ao cúmulo de, em certos momentos, mesmo ocupando função de ordem política, os titulares de diferentes cargos se declararam apolíticos. Agora, com três décadas de democracia, nos deparamos novamente com o país em frangalhos e a classe política muito mal avaliada, mercê dos inaceitáveis expedientes e desvios apurados entre seus membros.

O governo investe em reformas, que diz inadiáveis. Contudo, mais importante do que as reformas setoriais é uma revolução ética, onde cada qual cumpra com seu dever, sem a exigência de contrapartida. Um ambiente onde os que se aventurarem a mergulhar nos terrenos da corrupção sejam exemplarmente punidos e expurgados dos mandatos, cargos ou funções para evitar contaminação do meio e, até, para que sirvam de exemplo para outros antiéticos potenciais. O Brasil tem jeito, mas o remédio pode ser amargo...
 
 
*Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

1

PARABÉNS!
PARABÉNS!

1

BOM
BOM

2

AMEI!
AMEI!

2

KKKK
KKKK

1

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

1

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

1

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Câmara de Palmas

Inscrições para concurso da Câmara de Palmas são prorrogadas

As inscrições para o concurso público da Câmara de Palmas foram prorrogadas e se encerram às 23h59 do domingo, 25

Mulheres

Mulheres poderão participar de cursos para aprender fazer reparos, manuseio de ferramentas e uso de máquinas elétricas

Oficinas em comemoração ao Dia da Mulher são oferecidas de graça pela Ferpam; inscrições vão até o dia 06 de março


Concurso

Vencedores de concurso de redação, filhos de moradores do Residencial Lago Sul I, ganharão bicicletas

Crianças e adolescentes de 10 a 15 anos, filhos dos moradores do Residencial Lago Sul I, estão participando do I Concurso de Redação promovido pela Secretaria Municipal de Habitação com tema “O Meio Ambiente do Meu Condomínio”


Saúde

Deputados mobilizam-se para evitar perda de recursos na Saúde

Com a avocação, o projeto será incluído na ordem do dia da próxima sessão ordinária, prevista para a manhã desta quinta-feira, 22, e deve ser aprovado com facilidade para que o Estado não seja punido pelo governo federal


Tocantins

Tocantins recebe oficinas de formação do projeto Formação para o Controle Social no SUS


Unitins

Unitins comemora 28 anos com consolidação em três regiões do Estado


TRE

TRE-TO descentraliza atendimentos e vai até eleitores das regiões de difícil acesso e assentamentos


Hanseníase

Projeto Roda Hans - Carreta da Saúde com foco no combate a hanseníase é lançado no Tocantins


Cláudia Lelis

Vice-governadora entrega benefícios durante aniversário de Mateiros


Violação de Direitos

Defensoria Pública denuncia violação de direitos de camponeses em Palmeirante, no Norte do Estado



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira