Wednesday, 24 de July de 2019

OPINIÃO


Opinião

Vote consciente nestas eleições

14 Jun 2018    18:50    alterado em 14/06 às 18:50
Divulgação Vote consciente nestas eleições Eleitor deve refletir e votar naqueles que pensam na sociedade como um todo

Por Thaís Almeida de Aguiar, graduada em Direito pela Faculdade Católica do Tocantins

A Constituição Federal de 1988 garantiu ao povo a titularidade do poder estatal, exercendo-o por meio de representantes eleitos ou diretamente, revelando assim o  caráter de estado democrático de direito do país. O voto é um dos instrumentos da soberania popular e possui valor igual para todos os cidadãos, refletindo os fundamentos da cidadania e a dignidade humana - tão prestigiados pela República Federativa do Brasil. Na mesma vertente estão as formas diretas do exercício da soberania popular quais sejam: plebiscito, referendo e iniciativa popular. No Brasil o voto é uma obrigação aos maiores de 18 anos e facultativo para os analfabetos, aos maiores de 70 anos e aos maiores de 16 e menores de 18 anos. Não podem se alistar como eleitores os estrangeiros e os conscritos, por sua vez, aqueles que desejam se eleger devem preencher alguns requisitos, chamados de “condições de elegibilidade” previstos no artigo 14, §3º da Carta Maior.
O estado do Tocantins está em processo eleitoral, foram realizadas na data de 03 de junho as eleições suplementares para mandato “tampão” do Chefe do Poder Executivo Estadual - resultante de um processo de cassação, foram 07 candidatos aptos ao recebimento de votos, o pleito resultou em um 2º turno previsto para 24 de junho entre os dois candidatos mais votados, agora, aquele que receber a maioria dos votos será eleito Governador do Estado do Tocantins para o período de 06 meses.

Em outubro, os eleitores tocantinenses voltarão às urnas, desta vez, para eleger o Presidente da República, governador de estado, senadores, deputados estaduais e federais.

Muitos são os candidatos que concorrerão aos cargos político, assim muitas são as opções de voto. O eleitor deve atentar-se as propostas de governo, aos projetos a serem desenvolvidos durante o exercício do mandato, tendo consciência de que o resultado apurado nas urnas influenciará a vida da população, as propostas devem ser analisadas, pugnando pelas que oferecem uma melhor qualidade de vida, educação, geração de emprego, conservação ambiental, saúde, entre outros. Aos candidatos, cabe à observância dos preceitos éticos, a elaboração e execução de uma campanha transparente e honesta, sem ataques pessoais aos adversários, deve-se ter sempre em mente que o agente político é um representante da população e do estado, e suas ações devem ser impessoais e visar o bem comum.

Visto isto, o eleitor deve refletir e votar naqueles que pensam na sociedade como um todo, batalhando pela justiça e moralidade no processo eleitoral, afinal os eleitos representarão a sociedade por vários anos. O exercício do voto é exercício de cidadania, é direito de todos, e, sobretudo um dever.

COMPARTILHE:


Confira também:


TRE-TO

Partidos Políticos têm 30 dias para informar CNJP à Justiça Eleitoral

No Tocantins, conforme informações da Secretaria Judiciária e de Gestão da Informação do TRE-TO, 29 partidos estão em situação irregular por não terem realizado o cadastro de seus diretórios municipais ou regularizado o Código de Natureza junto ao CNPJ

Queda de Braços

Prefeita Cinthia Ribeiro ataca Palácio Araguaia e governo libera servidora para assumir pasta da educação

Mesmo liberando a servidora Cleizenir Divina dos Santos para assumir a educação do município governo não demonstra interesse em participar da gestão Cinthia.



Pedro Afonso

Após recorde de soja, Coapa registra produção histórica no recebimento do milho safrinha

O presidente da Coapa aproveitou para parabenizar a equipe de colaboradores pela dedicação no atendimento aos produtores e por garantir um bom resultado na safra.


Fórum

Banco não dá baixa em alienação fiduciária de veículo, quitado há 3 anos, e terá que indenizar consumidor em R$ 15 mil por danos morais

Em sua defesa, a instituição bancária alegou que a baixa da alienação já havia sido feita, mas o magistrado entendeu que ficou configurado o ato ilícito praticado pelo banco, pois não existem documentos que comprovem essa efetivação


Miracema

Miracaxi mantém tradição e agrada público local e turistas

O evento foi reforçado com segurança particular especializada, detector de metais, câmeras de monitoramento da PM e do município, policiamento militar, civil, força tática e Corpo de Bombeiros.


Hospital de Amor

Ao completar 10 anos, Leilão Pecuária Solidária volta a Palmas: edição deste ano será dia 9 de novembro


Poluição

Aceiros realizados pela Seder no Parque Estadual do Lajeado auxiliam no combate às queimadas


Palmas

Divulgado resultado preliminar dos projetos classificados para concorrerem ao Edital do Itaú Social 2019


Turismo

Taquaruçu merece um olhar especial por parte das gestões públicas


Defensoria

Dados apontam que 81,6% das pessoas atendidas pela Defensoria Pública vivem com até um salário mínimo


Seciju

Ações contra violações de direitos são realizadas em praias do estado



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira