Tuesday, 31 de March de 2020

POLÍTICA


Pesquisa

70% dos brasileiros querem que preconceito contra homossexuais vire crime

24 Jun 2008

Pesquisa do DataSenado revelou que 70% dos entrevistados querem que a lei puna os atos de discriminação ou preconceito contra homossexuais. A elevada aprovação se repete em quase todos os segmentos da população, com pouca variação de acordo com região, sexo e idade, e em todos eles a maioria é favorável ao PLC 122/2006.

Os menores índices de concordância estão entre os moradores da Região Centro-Oeste (55%), pessoas que cursaram até a 4ª. série do ensino fundamental (55%)  e pessoas com mais de 30 anos (67%).

Quanto à religião, para 54% dos evangélicos a discriminação dos homossexuais deve virar crime, enquanto 39% desse segmento defendem a rejeição do projeto. No universo de entrevistados católicos e de outras religiões, mais de 70% defendem a aprovação do projeto. 79% dos entrevistados que se declaram ateus querem a criminalização da homofobia.

 

Mudanças na CLT e no Código Penal

O PLC 122/2006  altera a Lei 7.716/99  que trata de crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.  O projeto estende a punição à discriminação ou preconceito de gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero.

Também estão previstas alterações no Código Penal e na CLT. Se for aprovado, passa a ser crime, entre outras atitudes, impedir, recusar ou dificultar o acesso de pessoas a ambientes públicos ou privados por conta de sua opção sexual, assim como usar o mesmo argumento para impedir a contratação de pessoas ou sua promoção na carreira profissional.

 

Metodologia

Descrição: Pesquisa telefônica;

Amostra: 1.120 pessoas;

Universo: Maiores de 16 anos com acesso a telefone fixo e residentes em capitais brasileiras;

Período: 06 a 16 de junho de 2008;

Plano Amostral: Amostragem estratificada;

Ponderação: Sexo e município;

Margem de erro: 3,0%, para mais ou para menos;

Nível de confiança: 95%.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Força Nacional vai atuar na prevenção e combate ao novo coronavírus

A medida vai vigorar por 60 dias, mas poderá ser prorrogada


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira