Friday, 17 de August de 2018

Friday, 17 de August de 2018

POLÍTICA


Amastha

Amastha afirma que não vai criar impostos e que empresariado indicará secretário

25 Apr 2018    13:34    alterado em 25/04 às 13:34
Amastha afirma que não vai criar impostos e que empresariado indicará secretário O candidato do PSB ao governo do Tocantins, Carlos Amastha na Acipa: “A política tributária será em prol da produção”

Em reunião com empresários e comerciantes em Palmas, o candidato a governador do Tocantins pela coligação “A Verdadeira Mudança”, Carlos Amastha (PSB), garantiu aos representantes desses setores que não criará impostos e que sairá desses segmentos a indicação do nome do secretário de Desenvolvimento Econômico de sua gestão à frente do Palácio Araguaia. E, confiante na vitória no pleito suplementar de 3 de junho, implementará no Estado um Conselho de Desenvolvimento com poder de decisão juntamente com uma política tributária eficaz, justa “que não apenas arrecade” e que não penalize o cidadão e os segmentos econômicos tocantinenses.

As declarações foram dadas durante sabatina realizada na noite desta terça-feira, dia 24, na Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa). Empresários e convidados de vários ramos prestigiaram o evento promovido pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Tocantins (Faciet) e Acipa. No encontro, Amastha proferiu palestra intitulada “Uma nova matriz energética para uma nova economia”.

GARANTIAS DE AMASTHA

Amastha abriu o encontro com garantias de suas propostas aos representantes dos setores econômicos da capital e do Estado. “É simples: Quem tem que coordenar as políticas públicas do setor não é um político, mas, sim, alguém do setor. Até porque quem, no final das contas, paga a conta é o empresário, é o comerciante. Vocês sustentam a economia”, disse, lembrando que dois dos seus secretários enquanto prefeito de Palmas saíram do setor: Cleide Brandão, ex-presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Palmas, e Kariello Coelho, ex-presidente da própria Acipa.

Além de indicar o secretário, Amastha se comprometeu ainda em dois outros aspectos com os empresários. “Vamos reformular o Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado. Na minha gestão em Palmas, o conselho não era consultivo, mas deliberativo! Em Palmas o conselho tinha poder de decisão. O Conselho que existe no Estado apenas funcionou para os interesses do “amigo do rei”. Conosco, não. É o interesse que vai prevalecer. Já podem ir pensando no for mato desse conselho”, declarou. “Com a nossa proposta, realizaremos o empoderamento da sociedade civil organizada e daremos poder de decisão ao setor produtivo”, complementou.

POLÍTICA TRIBUTÁRIA JUSTA

O outro ponto abordado foi a implementação de uma política tributária no Estado que não penalize a classe produtiva. “O Estado nunca teve uma política tributária, mas sim uma política arrecadatória. Nós faremos diferente deste modelo aí. Não inventaremos impostos, mas implantaremos uma política séria, eficaz que não penalize o setor produtivo.”

Amastha afirmou, entretanto, que a sonegação será combatida. “Pagar imposto é ruim, é... Mas, é o que garante as ações e serviços da gestão. Não tem outra maneira. Porém, uma política justa e eficaz que fizemos em Palmas garantem a qualidade dos serviços públicos aos cidadãos”, disse, citando que levará ao Palácio Araguaia exemplos inovadores e positivos de seus cinco anos à frente da Prefeitura da Capital, como o projeto Palmas Solar, que oferece em troca do investimento em energia solar desconto de 80% no IPTU por cinco anos. “Sonhamos com o fim dessa dependência da gestão pública. E só desta forma conseguiremos transformar o sonho em realidade”, declarou.

Ao citar exemplos de sua gestão em Palmas, Amastha ratificou que “a política tributária será em prol da produção”. “Eu posso encher a boca para dizer isso. Pegamos um município com mais de 4 mil contratos. E entreguei uma prefeitura com mais de 96% de concursados. A arrecadação não será apenas para pagar contratinhos”, finalizou, lembrando que fez concursos públicos em quase todas as áreas da administração.

SEMPRE PRESENTE

Anfitrião do encontro, o presidente da Acipa, Fabiano do Vale, destacou que Amastha é agente público que sempre esteve presente nas discussões junto ao empresariado. “Amastha já esteve aqui várias vezes para discutir com os empresários. Ideia deste evento é discutir ideias e propostas. E o ex-prefeito, por sua formação empresarial, sabe que esperamos que o Estado cresça cada vez mais e se desenvolva”, disse.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

33

PARABÉNS!
PARABÉNS!

46

BOM
BOM

30

AMEI!
AMEI!

28

KKKK
KKKK

29

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

27

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

27

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Amastha Política Tributária

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Ataídes

Ministério Público Eleitoral impugna candidatura de Ataídes de Oliveira

Candidato ao Senado foi condenado por órgão colegiado

Ocorrência

Polícia Civil prende mais um acusado de tráfico de drogas no interior do Estado

De acordo com o Delegado José Lucas Mello, Edinei já estava sendo investigado há dois meses por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira