Thursday, 19 de September de 2019

POLÍTICA


Senado

Comissão aprova projeto de Kátia Abreu que evita desapropriação de terras produtivas

24 Aug 2019    00:36    alterado em 25/08 às 00:36
Comissão aprova projeto de Kátia Abreu que evita desapropriação de terras produtivas

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira (20) um projeto de lei da senadora Kátia Abreu (PDT-TO) que modifica os critérios de aferição de produtividade dos imóveis rurais para fins de desapropriação da reforma agrária.

O objetivo é estimular a produtividade e evitar que terras bem aproveitadas sejam desapropriadas. Para isso, o projeto propõe a utilização da renda do produtor como parâmetro e estabelece novos critérios de propriedade produtiva e de aproveitamento de imóveis rurais. O texto foi aprovado por unanimidade na CAE e seguirá para análise das comissões de Constituição e Justiça e de Agricultura e Reforma Agrária.

Atualmente, há dois indicadores que enquadram uma propriedade como produtiva e caracterizam sua função social: o Grau de Utilização da Terra (GUT) e o Grau de Eficiência da Exploração (GEE). O projeto mantém o GEE e acaba com o GUT porque, segundo Kátia Abreu, os parâmetros atuais privilegiam a maior área plantada e não levam em consideração a produtividade alcançada pelo uso de insumos e pela aplicação de tecnologia.

“A atual legislação, que é de 1980, é um atraso, é inaceitável porque não afere se a terra é produtiva ou não. Não leva em consideração se a pessoa produz 1,5 tonelada ou 3,5 toneladas de milho por hectare, por exemplo. Se não cumprir a exigência de utilizar 80% da terra, o produtor pode ser desapropriado”, explicou a senadora.

Segundo Kátia Abreu, a proposta também é importante para fazer justiça ao produtor rural em momentos de insucesso na lavoura ou de revezes no mercado, diante dos quais não há alternativa para o agricultor senão reduzir estrategicamente sua área plantada.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Maia diz que Fundo Eleitoral é necessário para equilibrar campanhas

O projeto aprovado manteve novas situações, em que será permitido o uso de recursos do Fundo Partidário.

Premiação

Nota Quente paga R$ 10.935,88 neste sábado, 21

O programa Nota Quente Palmense realiza sorteios mensais de R$ 10 mil e dois sorteios semestrais de R$ 50 mil, sendo um no mês de maio e outro no mês de outubro, além do grande sorteio anual, de R$ 200 mil, realizado em dezembro.


Saúde

Profissionais de saúde alertam sobre cuidados com as altas temperaturas na Capital

Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas são alguns dos problemas decorrentes da Baixa Umidade do Ar


Drogas

Polícia Civil prende quatro traficantes e apreende mais de 30kg de maconha em Gurupi

Com eles foram apreendidos 29 tabletes de maconha, três outros pedaços da mesma droga, uma balança de precisão, R$ 2.382,00 em espécie e aparelhos celulares.


Honraria

Participante de programa do Instituto TIM vence prêmio global da ONU


Agrotóxicos

Assembleia debate uso de agrotóxico em audiência proposta por Zé Roberto Lula


Economia

Endividamento atinge mais de 68% dos palmenses em agosto


Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins


Ocorrência

Polícia Civil prende mulher suspeita de estelionato no sudeste do Estado


Proibição

Adapec apreende carga de 10 toneladas de sementes de capim irregular na TO-050 entre Palmas e Porto Nacional



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira