Tuesday, 01 de December de 2020

POLÍTICA


Indígenas

Criação do Comitê Regional Dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais é apoiado durante o 19° Fórum dos Governadores

01 Dec 2019
Criação do Comitê Regional Dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais é apoiado durante o 19° Fórum dos Governadores

Durante o 19º Fórum De Governadores Da Amazônia Legal realizado nesta quarta e quinta feira, 27 e 28 na cidade de São Luís – MA, foi elaborada a Carta de São Luís que apresenta as propostas prioritárias no atual momento, considerando a proximidade de realização da Conferência Das Partes Da Convenção Quadro Das Nações Unidas Para Mudança Climática (COP-25) que acontece em dezembro entre os dias 02 e 13 em Madri, Espanha.

Dentre as propostas elencadas na Carta está o apoio dos governadores para a criação do Comitê Regional Dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais, no marco da Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas (GCF). O Comitê terá a finalidade de facilitar o diálogo entre os Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais com os estados da Amazônia Legal, visando a participação dessas populações nos processos de consultas e na construção dos componentes indígenas nas iniciativas por pagamentos por resultados, através de mecanismos relacionados aos serviços ambientais.

A criação desse Comitê vai beneficiar todos os envolvidos no processo. Segundo a representante do Tocantins no Grupo de Trabalho de criação do Comitê Regional, Narúbia Silva Werreria da etnia Iny (Karajá) “esse pacto viabiliza autodeterminação e governança dessas populações e reconhece as comunidades indígenas e comunidades tradicionais como sujeitos autodeterminados e não sujeitos tutelados pelo estado”. Narúbia também destacou a importância dessa parceria na elaboração dos projetos que virão. “A partir de agora nós decidimos conjuntamente, não estamos passivos nos processos. Foi grande a nossa luta para que isso acontecesse e não fôssemos considerados inaptos para construir a nossa própria realidade ou para pensar de modo diferente no nosso jeito de ser e estar”.

Ter os povos tradicionais como parceiros podendo estabelecer conversas de apoio vai facilitar o processo de ampliação das potencialidades e viabilizar a expansão dos conhecimentos. O Tocantins possui 44 comunidades quilombolas e sete etnias indígenas e essa pactuação tem uma amplitude que reflete não apenas nas comunidades tradicionais, mas em todo o estado.

O titular da Secretaria do Meio Ambiente Recursos Hídricos (Semarh), Renato Jayme enfatiza a relevância dessa conquista. “Foi um passo importante para o reconhecimento desse trabalho. A partir de agora os estados devem fortalecer e incentivar cada vez mais essa parceria, compartilhando ideias e mantendo o diálogo”, pontuou.

O secretário também destacou “que a intenção é construir junto com o estado as políticas participativas, criando condições para melhorar e desenvolver as comunidades tradicionais, respeitando principalmente a forma de gerir os recursos naturais, as decisões e os territórios”.

A criação desse Comitê vai possibilitar o desenvolvimento de projetos como o REDD+ e ecoturismo, além de tantas outras possibilidades de projetos que vão trazer renda para as populações tradicionais. A expansão dos potenciais e o melhor aproveitamento das riquezas naturais do Tocantins vão proporcionar ganhos econômicos para o estado e renda para essas populações, além de auxiliar no equilíbrio entre esse desenvolvimento econômico e o meio ambiente.

COMPARTILHE:


Confira também:


HIV/AIDS

Secretaria da Saúde alerta para a prevenção e combate a AIDS

Uso do preservativo e a realização dos exames previnem e proporcionam diagnóstico precoce da doença

Interior

Prefeitura de Miracema do Tocantins divulga resultado dos Editais da Lei Aldir Blanc

A primeira fase contemplou artistas e fazedores da cultura, sendo músicos, artesãos, culinária artesanal, grupos de capoeira, empresa de eventos, associações culturais, grupo junino, entre outros segmentos culturais que romperam suas atividades


Meio Ambiente

Governo do Estado inicia o plantio de mudas no Parque Estadual do Lajeado em parceria com a ONG 8 Billion Trees

O objetivo é recuperar uma área de aproximadamente 30 hectares com o plantio de 30 mil mudas de espécies nativas do Cerrado


Campo

Com articulação do Ruraltins, produtores quitam passivo financeiro com Banco da Amazônia e garantem acesso à nova linha de crédito

Expectativa do mutirão para toda a região sudeste é viabilizar mais de R$ 12 milhões em projetos de crédito rural


Região central

Polícia Civil desarticula ponto de venda de drogas e prende dois suspeitos por tráfico em Miracema


Reunião

Escolas do Legislativo Estadual e da Câmara Municipal de Paraíso se reúnem em Palmas


Palmas

Decoração natalina na Capital ajuda a impulsionar a economia durante festividades do fim de ano


Aleto

Ayres se reúne com o Governo e representantes sindicais para debater reforma previdenciária


Serviço

Governo do Tocantins qualifica Parque Agrotecnológico e mais quatro projetos para o Programa de Parcerias de Investimentos


Ocorrência

Operação Borduna da Polícia Civil resgata 83 cartões do Bolsa Família e 51 de contas particulares e outros benefícios



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira