Sunday, 29 de November de 2020

POLÍTICA


Palmas

Eli Borges promete baixar taxa de esgoto que é de 80% para 40% e reduzir conta de água

21 Oct 2020
Eli Borges promete baixar taxa de esgoto que é de 80% para 40% e reduzir conta de água

O candidato a prefeito de Palmas Eli Borges (SD) afirmou que vai reduzir a taxa de esgoto de Palmas, que é de 80% sobre o consumo da água, para 40%. A afirmação foi feita durante reunião para cerca de 50 funcionários de uma concessionária de veículos de Palmas. “A concessão do serviço de exploração de água e esgoto pertence ao município, que é quem faz a concessão. Então, na condição de prefeito vamos chamar a BRK para conversar a fim de reduzir a taxa de esgoto para 40%”, afirmou Eli Borges. “Porque a lei determina que a taxa pode ser de 40% a 80%, se ela quiser continuar com a concessão ela vai ter que reduzir para 40%”, assegurou.

Para Eli Borges, não tem porque o palmense pagar uma água tão cara. “Precisa ter um prefeito com coragem para chamar a BRK e falar: respeite o povo”, ressaltou Eli. “O que tem acontecido é que prefeitos não têm se preocupado com o povo, preferem ver o lado da BRK, eu prefiro ver o lado do povo”, sustentou. “Vamos rediscutir os valores da conta de água. Pra BRK manter a concessão vai ter que colocar os valores que cobra nos patamares que a sociedade pode pagar”, afirmou.

 

Geração de Empregos

O candidato da coligação “Um Novo Tempo! Valorizando Honestidade, Família, Governando com Deus e o Povo”, também reforçou suas propostas de geração de empregos, tendo como base principal o turismo. “Vamos acabar com essa história de temporada de praia, teremos praia com eventos o ano inteiro, como acontece em outros estados. Teremos eventos esportivos no lago, competições, além de investimento no turismo de Taquaruçu”, destacou.

Outro ponto do projeto de Eli Borges de desenvolvimento para Palmas é a industrialização da Capital aliado à investimentos no campo para a produção de hortifrutigranjeiros e produtos lácteos. “Podemos ter um laticínio aqui em Palmas, tem quase 30 anos que consumimos leite e queijo vindos de outros estados, consumimos verduras e frutas de outros estados, e nós vamos promover uma revolução no campo e na cidade para produzir e industrializar produtos na nossa Capital, gerando milhares de empregos”, ressaltou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Mobilização

Livrarias lançam campanha para atrair leitores para lojas físicas

Afetadas pela pandemia, livrarias ainda esperam retorno de clientes




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira