Wednesday, 19 de June de 2019

POLÍTICA


Vereadores

Formação interfere diretamente na qualidade dos trabalhos legislativos

18 Jul 2008

Ao falar nas Eleições de 2008, logo vem em mente a responsabilidade pela escolha do prefeito que administrará a cidade pelos próximos quatro anos. Mas o que muitos esquecem, e que talvez seja uma escolha tão importante quanto a do representante principal de um município, é a escolha dos vereadores, que influenciam diretamente nos destinos da cidade. Vale lembrar à população que o prefeito é o administrador da cidade, aquele que assina a lei para que ela tenha validade. Mas quem apresenta os projetos de lei e vota neles é o vereador.
A Câmara Municipal de Palmas é composta por 12 vereadores, que são eleitos pela população a cada quatro anos. Nas próximas eleições, cada cidadão terá direito a votar em apenas um candidato ao cargo, o que aumenta a responsabilidade do eleitor em fazer a escolha certa. Para o cientista político, professor Portelinha, as eleições municipais são mais importantes que qualquer outra, pois afetam diretamente a sociedade. “É mais importante ter bons vereadores, até mesmo que um bom prefeito, já que as decisões do prefeito são baseadas nos projetos apresentados pelos vereadores”, adverte. Portelinha ainda exorta a população para que esta saiba eleger essencialmente os vereadores, já que eles são os porta-vozes da sociedade na gestão de um município. Devido a essa importância, o jornal O GIRASSOL fez o levantamento do perfil dos atuais vereadores e suas áreas de atuação dentro da câmara.
No levantamento, a reportagem observou que a maioria dos parlamentares palmenses tem curso superior, diferente dos deputados estaduais e federais, os quais têm a profissão declarada de pecuaristas.
Dos 12 vereadores, dois são formados em Direito – Carlos Braga e Edna Agnolin – e “abraçam” causas diferentes no conjunto das propostas apresentadas na Câmara. Enquanto Braga defende os interesses da Educação, Edna está mais voltada para as questões econômicas da Capital. Alberto “Gordo”, Cirlene Pugliesi, Evandro Gomes e Wanderlei Barbosa disseram que, dentre os projetos apresentados, a Educação ganha mais destaque em suas proposituras. Os quatro parlamentares, respectivamente, são formados em Ciências da Computação, Música, Administração e Ciências Contábeis (cursando). Confira os nomes, formação e área de atuação de cada vereador no box.
Cirlene afirma que seus projetos na área de educação se fundem também com a área de saúde, já que parte de seus projetos envolve conscientização de jovens e adolescentes quanto ao uso de drogas e doenças sexualmente transmissíveis. Gordo, Gomes e Wanderlei informaram que sua formação permite uma visão mais ampla em função das necessidades da sociedade. Os quatro parlamentares, respectivamente, são formados em Ciências da Computação, Música, Administração e Ciências Contábeis. Dr. Sebastião procurou aliar a profissão às suas atividades políticas, apresentando projetos, principalmente na área da saúde. Os empresários Damaso, Warner e Ivory se dedicam prioritariamente a projetos sociais. Dos três, apenas Warner possui formação superior. E seguindo o panorama dos deputados, os vereadores Rilton e Jucelino dedicam suas ações em prol dos trabalhadores rurais.

 

Carlos Braga - PMDB (presidente da Câmara)
Formação: Direito
Atuação profissional: professor e advogado
Atuação na Câmara: diversas, mas principalmente na área da Educação

Alberto Guimarães “Gordo” - PT
Formação: Ciências da Computação
Atuação profissional: comerciante
Atuação na Câmara: Educação, Saúde e Esporte

José Damaso - PDT
Formação: ensino médio incompleto
Atuação profissional: empresário no segmento de supermercados
Atuação na Câmara: projetos sociais

Cirlene Pugliesi - PMDB
Formação: Música
Atuação profissional: professora de Música
Atuação na Câmara: Educação e Saúde

Jucelino Rodrigues - PRB
Formação: Gestão Imobiliária e Formado pela Academia de Polícia
Atuação profissional: policial civil
Atuação na Câmara: ruralista e membro do CCJ (Defesa do Consumidor, dos Administradores e do Meio Ambiente)

Evandro Gomes - PMDB
Formação: Administração
Atuação profissional: consultor do gabinete da presidência do TCE
Atuação na Câmara: Educação e questões ambientais

Sebastião Silveira - DEM
Formação: Medicina
Atuação profissional: ginecologista, obstetra e ultrasonografista
Atuação na Câmara: Saúde

Rilton do PT
Formação: Agronomia
Atuação profissional: funcionário público do INCRA
Atuação na Câmara: Habitação e trabalhos rurais

Ivory de Lira - PT
Formação: Ensino médio completo
Atuação profissional: empresário
Atuação na Câmara: projetos sociais e Economia

Edna Agnolin - PDT
Formação: Direito
Atuação profissional: advogada concursada do Estado
Atuação na Câmara: projetos sociais e Economia

Wanderlei Barbosa - PSB
Formação: Ciências Contábeis, cursando Gestão Pública
Atuação profissional: professor
Atuação na Câmara: Educação, Esporte, projetos sociais

Warner Pires - PR
Formação: Administração
Atuação profissional: empresária do segmento farmacêutico e telecomunicações
Atuação na Câmara: não informou

COMPARTILHE:


Confira também:


Derrota no Senado

Senado derruba decreto sobre armas

A matéria vai à Câmara dos Deputados.

Hotelaria

Hotel Ibis é inaugurado e busca incentivar o turismo de lazer na Capital

Para o gerente de desenvolvimento da Accor, Henrique Martins, o objetivo é que o Ibis seja a escolha de diferentes tipos de turismo.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira