Saturday, 16 de November de 2019

POLÍTICA


Divisa de Estados

Governadores Mauro Carlesse e Mauro Mendes destacam aspectos positivos da rodovia Transbananal

17 Oct 2019    11:19    alterado em 17/10 às 11:19
Governadores Mauro Carlesse e Mauro Mendes destacam aspectos positivos da rodovia Transbananal

Às vésperas da audiência pública que será realizada nesta sexta-feira, 18, em Gurupi, para discutir a implantação da rodovia BR-242, mais conhecida como Transbananal, o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, e do Mato grosso, Mauro Mendes, defenderam a obra como logística estratégica para a integração e desenvolvimento econômico e social da região.  O trecho em questão tem cerca de 90 km e corta a Ilha do Bananal, de Formoso do Araguaia (TO) a São Felix (MT).  O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, já confirmou presença no evento.

Para o governador Mauro Carlesse, a rodovia Transbananal precisa ser implantada para promover a integração econômica e social entre os dois estados e à Ferrovia Norte-Sul, o modal que permite o escoamento da produção até os postos do Maranhão e da Bahia, pela Ferrovia Leste-Oeste. Ele entende também que a obra vai gerar renda e promover a qualidade de vida dos povos indígenas.  “Essa rodovia vai permitir baratear custos de produção e proporcionar condições dignas de vida aos povos indígenas. Atualmente os acessos são muito precários e prejudicam muito os indígenas quando procuram as cidades. Então, o que precisamos é dessa integração para promover o desenvolvimento da região e desses indígenas, que não podem continuar à margem do progresso”, frisou.

Por sua vez, Mauro Mendes, governador do Mato Grosso, ressaltou que o seu estado tem grande capacidade de produzir alimentos, vocação para exportar e a rodovia BR-242 vai permitir a ligação com o Tocantins e à Ferrovia Norte-Sul. Para ele, esse trecho que corta a ilha do Bananal pode constituir uma importante alternativa logística para toda a região do Araguaia. “Essa parceria entre os Governos Federal, do Tocantins e do Mato Grosso vai permitir uma solução para toda essa região, incluindo essa parte do Brasil no setor de produção, que vai trazer grandes dividendos para todos nós. Vamos trabalhar juntos, porque tenho certeza que com a união de esforços nós vamos tornar realidade essa rodovia, tão importante para os dois estados e para o Brasil”, defendeu.

Audiência

O evento, que será realizado pelo Senado Federal, atende requerimento da senadora Kátia Abreu. Além do ministro Tarcísio Gomes de Freitas, estão previstas ainda as presenças dos presidentes da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Augusto Xavier, e do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim.

“Essa rodovia traz vantagens para todo o Brasil e, em especial para o Tocantins e o Mato Grosso, a partir da integração desses dois estados para chegar à Ferrovia Norte-Sul e os nossos indígenas também serão beneficiados, já que terão mais facilidade de acesso à saúde, à educação e as cidades, além do aspecto financeiro, já que terão renda com os pedágios”, explicou a senadora Kátia Abreu.

COMPARTILHE:


Confira também:


Atenção

Energisa reforça orientações de segurança em caso de temporais

Em 50 dias, mais de 400 postes foram derrubados por eventos climáticos severos no Tocantins

Serviço

Governo, por meio do Sine, orienta trabalhadores para habilitar a Carteira de Trabalho Digital

Para acessar a Carteira de Trabalho Digital é necessário obter a senha de acesso no Acesso.gov.br. Para aqueles que não possuem a senha, poderão adquiri-la através do Aplicativo da CTPS Digital, ou clicando no link a seguir Acesso.gov.br




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira