Sunday, 22 de September de 2019

POLÍTICA


Socorro

Helicóptero da Segurança Pública auxilia no resgate a quatro turistas no Lago de Palmas

08 Sep 2019    00:53    alterado em 08/09 às 00:53
Helicóptero da Segurança Pública auxilia no resgate a quatro turistas no Lago de Palmas

A equipe multimissão a bordo do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Segurança Pública, atuou, no início da tarde desta sexta-feira (6), na localização e resgate a quatro pessoas que haviam sido vítimas de um naufrágio e se encontravam à deriva no Lago de Palmas, a cerca de 20 quilômetros da capital.

A ocorrência teve início por volta das 12h50 quando os tripulantes do CIOPAER receberam, via SIOP/BM, a informação de que uma família inicialmente composta por cinco pessoas havia sofrido um naufrágio, no Lago de Palmas e precisava de socorro imediato. Com base nas coordenadas fornecidas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, às 12h53 minutos, a aeronave decolou rumo ao local indicado, chegando após 10 minutos.

No entanto, no ponto fornecido como provável local do sinistro, a equipe do CIOPAER não encontrou nenhum vestígio da citada ocorrência. Desse modo, os tripulantes do “Tocantins 01”, expandiram às buscas e cerca de 5km a frente, já em direção a usina de Lajeado, conseguiram avistar quatro pessoas, que estavam separadas e nadavam a espera de socorro, enquanto se agarram a utensílios e objetos do barco que havia afundado.

Assim que a aeronave chegou ao ponto para iniciar o resgate, um dos tripulantes embarcados realizou salto e verificou as condições das vítimas. Logo em seguida o barco com os militares efetuou o resgate de todos. Em seguida, os quatro passageiros do barco naufragado foram conduzidos até a base de apoio dos Bombeiros para que pudessem ser verificadas as condições em que se encontravam.

Um dos passageiros resgatados informou que a família havia iniciado o passeio de barco às 6h30 desta manhã e foi até uma ilha no meio do Lago. No entanto, devido à falta de água potável, os tripulantes do barco, já por volta de 11h30, decidiram voltar para a margem, mas devido à incidência de fortes ventos que assolaram a Capital nesta manhã, começou a entrar água no barco e, em poucos minutos, ele acabou afundando.

Por mais de duas horas, a família ficou à deriva e, só conseguiu pedir socorro graças ao uma ligação de celular que um deles conseguiu fazer, após afundar a embarcação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Reforma da Previdência pode ser votada em 1º turno nesta terça-feira

Na primeira passagem da reforma pela CCJ, o relator da PEC, Tasso Jereissati (PSDB-CE), leu e submeteu seu parecer à comissão, que foi aprovado por 18 votos a 7 e levado ao plenário.

Assembleia

Deputados debatem novo projeto do marco regulatório do saneamento básico

A audiência contou também com a presença de Juliana Marques, presidente da Agência Tocantinense de Regulação (ATR), e Thadeu Pinto, presidente da BRK.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira