Wednesday, 01 de April de 2020

POLÍTICA


APP

Iniciada tramitação do Projeto de Lei que regulamenta o transporte urbano por aplicativo

12 Feb 2020
Aline Batista Iniciada tramitação do Projeto de Lei que regulamenta o transporte urbano por aplicativo

Foi tema de debates durante a sessão ordinária de terça-feira, 11, na Câmara Municipal, o projeto de Lei nº. 001/2020, de autoria do Poder Executivo, que estabelece normas para a prestação do serviço de transporte motorizado privado e remunerado de passageiros no município de Palmas, por aplicativo de celular. As associações que representam a categoria estiverem presentes na sessão e, na ocasião, os vereadores se comprometeram a debater a lei junto com os motoristas e todos interessados, durante a tramitação do projeto na Casa.

 

O projeto foi protocolado em regime de urgência e baseia-se em lei federal já aprovada. Pela lei, considera-se serviço de transporte motorizado privado e remunerado de passageiros aquele realizado em deslocamento individualizado ou compartilhado, executado por automóvel particular com capacidade de acomodação de cinco a oito pessoas, inclusive o condutor, e solicitado exclusivamente por meio de plataforma tecnológica.

 

Durante a sessão o vereador Milton Neris (Progressistas) chamou a atenção sobre a importância de regulamentar o serviço, em razão da grande quantidade de pessoas desempregadas no município. “O desemprego está assolando as famílias e, no entanto, a Prefeitura está fechando as portas para quem quer trabalhar. Não dá para inviabilizar o serviço de aplicativos porque são mais de três mil pessoas cadastradas, prestando o serviço na nossa cidade. São pais de família lutando para sobreviver, por isso vamos debater e analisar esse projeto para que os trabalhadores não sejam prejudicados”, concluiu Neris.

 

Já a líder da prefeita Laudecy Coimbra (SD) defendeu aprovação da matéria. “Sou usuária de aplicativos de transporte e nós, legisladores, precisamos regulamentar o serviço, a fim de que a população possa usar esses serviços sem correr nenhum risco. Não podemos retroceder no tempo e devemos nos adequar a tecnologia, pois é um caminho sem volta. É nossa obrigação pensar nas futuras gerações e deixar pra eles algo que seja positivo” refletiu a líder.

 

Na sessão regimental da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, realizada no período vespertino, o projeto foi lido e devidamente distribuído. O relator será o vereador e presidente da Comissão, Lúcio Campelo.

 

Sessão Extraordinária

 

Na ocasião, foi aprovado em segundo e terceiro turno de votação – em sessão extra sem remuneração – o Projeto de Lei complementar de n° 02/2019, de autoria do poder Executivo, que extingue a taxa de expedição de documento de arrecadação. O projeto agora segue para sanção da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB).

 

O valor cobrado para a emissão da taxa atualmente é de R$ 3,44 por contribuinte. O valor corresponde a uma Unidade Fiscal do Município de Palmas e era utilizado para custear o envio dos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) aos contribuintes.

COMPARTILHE:


Confira também:


Tocantins

Tocantins permanece com 12 casos confirmados da Covid-19

Boletim divulgado pela Secretaria da Saúde mostra situação estável sem acréscimo no número de casos confirmados.

Pandemia

Portaria autoriza mototaxistas de Palmas a fazerem serviço de entregas durante período de isolamento social

Uma das justificativas da Sesmu para essa tomada de decisão, foi o impacto financeiro negativo sofrido pelo mototaxistas e suas famílias, com a suspensão das atividades desse serviço.


Pandemia

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (1º) cerca de R$ 200 bilhões em medidas para socorrer trabalhadores e empresas e ajudar estados e municípios no enfrentamento aos efeitos

Uma das justificativas da Sesmu para essa tomada de decisão, foi o impacto financeiro negativo sofrido pelo mototaxistas e suas famílias, com a suspensão das atividades desse serviço.


Infraestrutura

Trecho da TO-010, entre Lajeado e Tocantínia, começa a receber melhorias

Os trabalhos estão sendo executados pelas equipes da Agência Rodoviária da Agência Tocantinense de Transportes de Obras (Ageto) da regional de Porto Nacional.


Alerta

Ayres defende que sem isolamento social municípios não podem decretar calamidade pública


Ageto

Governo realiza manutenção em estradas do Estado


Pandemia

Comitê de Crise reforça isolamento social durante reunião coordenada pelo governador Mauro Carlesse


Vetoquinol

Saúde pet: Pulgas, carrapatos e a Leishmaniose Visceral podem ser prevenidas com eficácia


Educação

Com alunos em isolamento social, Cmei da Capital usa rede social para promover atividades recreativas e pedagógicas aos alunos


Brasil

Judiciário destina verbas pecuniárias ao combate da Covid-19



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira