Monday, 17 de June de 2019

POLÍTICA


Tocantins

Membros do MPE comemoram aprovação de Lei que permite Promotores concorrerem ao cargo de Procurador-Geral de Justiça

24 Feb 2019    00:43
Marcelo de Deus Membros do MPE comemoram aprovação de Lei que permite Promotores concorrerem ao cargo de Procurador-Geral de Justiça

O dia 20 de fevereiro de 2019 ficará marcado como um momento histórico para o Ministério Público do Estado do Tocantins, pois nesta data, o MPTO passa a integrar o rol de Ministérios Públicos Estaduais brasileiros que permitem que todos os membros de carreira possam compor a lista tríplice destinada à escolha do Procurador-Geral de Justiça. O projeto de Lei que alterou a Lei Complementar nº 51/2008 foi levado ao plenário da Assembleia Legislativa do Tocantins nesta quarta-feira e aprovado, por unanimidade dos presentes, em dois turnos de votação pelos deputados estaduais. O projeto de Lei segue agora para sanção do governador Mauro Carlesse.

A tribuna de honra da Casa de Leis ficou repleta de membros do Ministério Público, oriundos de diversas cidades, para acompanhar a votação do projeto, que aguardava análise da Casa de Leis há cerca de três anos. O Ministério Público do Tocantins era um dos quatro Estados da Federação que ainda não permitia a participação de Promotores de Justiça no pleito.

Uma extensa reunião entre o Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, e a chefe de gabinete, Promotora de Justiça Maria Cotinha Bezerra, com os parlamentares, horas antes do projeto entrar em votação, foi decisiva para o êxito do pleito. Na ocasião, os parlamentares ressaltaram a atuação franca e respeitosa do Procurador-Geral de Justiça ao tratar acerca do assunto na Casa.

O PGJ, que teve participação direta na articulação com os parlamentares, comemorou a aprovação. Ele voltou a lembrar que a primeira vez em que assumiu o cargo de PGJ, em 1996, era Promotor de Justiça e enfatizou que o MPTO é uma instituição madura, com Promotores de Justiça preparados para assumir a função “É um momento de festa e de alegria. A aprovação do projeto significa a modernização da instituição, além de oxigenação e a democratização do Ministério Público do Tocantins”, disse.

Com o sentimento de dever cumprido, o presidente da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), Promotor de Justiça Luciano Casaroti, que atuou incansavelmente para o alcance desta conquista, ressaltou que a luta para aprovação desse projeto foi uma das suas prioridades à frente da entidade de classe. “É salutar para o processo a ampliação dos critérios, pois uma instituição como o Ministério Público, que preza pela democracia e que conta com mais de 120 membros, não poderia limitar a participação de apenas 10% destes ao cargo de PGJ”, explicou, ao referir-se à situação de que só os Procuradores de Justiça podiam concorrer.

Acompanharam a sessão o Procurador de Justiça Alcir Raineri Filho, os Promotores de Justiça Maria Cotinha Bezerra, Sidney Fiori, Pedro Jainer da Silva, Thaís Cairo Lopes, Flávia Rodrigues, Maria Natal, Konrad Wimmer, Abel Andrade, Saulo Vinhal, Argemiro Ferreira, Pedro Geraldo Cunha, Felício Soares, Rogério Mota, Roberto Garcia e Marcelo Ulisses Sampaio.

Critérios para integrar a lista tríplice
Pelo projeto de Lei, poderão compor a lista tríplice, a partir da próxima eleição, os Promotores de Justiça de 3ª entrância, em exercício na instituição, que tenham no mínimo 10 anos de carreira e 35 anos de idade. (Denise Soares)

COMPARTILHE:


Confira também:


Agro

Cerrado do Tocantins produz uvas mais doces que outras regiões do Sul do país

No clima do cerrado é possível realizar até duas safras ao ano de parreira

Saúde

Hospital e Maternidade Dona Regina celebra 20 anos

Unidade é a única referência em alta complexidade para atender partos em toda a macrorregião de saúde centro sul do Tocantins



Temporada

8 dicas do Corpo de Bombeiros para curtir a temporada de praias com segurança

Orientações servem para reduzir os riscos de acidentes durante a alta temporada


Campo

Recebimento itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos chega a mais quatro municípios do Tocantins

As centrais de recebimento em parceria com a Adapec estão com um cronograma de ação que, além desses quatro municípios, abrangerão mais 10 em diferentes regiões do Estado.


Tocantins

Pais fazem campanha de doação de sangue para ajudar outras famílias após morte do filho

Além da campanha de doação de sangue, os pais vão arrecadar alimentos e roupas durante 66 dias, tempo em que Felipe ficou vivo após nascer prematuro.


Six Sigma

Manifesto Híbrido de Metodologias de Gestão é definido no Brasil


Violência

Homem é preso pela Polícia Civil após tentar matar o ex-cunhado em Taguatinga


Brasil

Grupo Boticário e Unilever se unem por diversidade e equidade de gênero


Turismo

Palmas conta com uma variedade de Palmas urbanas


Economia

Receita paga hoje as restituições do 1º lote do Imposto de Renda


416 Vagas

Unitins lança edital de transferência externa com 416 vagas



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira