Saturday, 21 de April de 2018

Saturday, 21 de April de 2018

POLÍTICA


Marcha a Brasília

Na Marcha a Brasília, prefeitos declaram a ministros insatisfação com o financiamento de programas federais

17 May 2017

Durante a plenária "Os Pleitos ao Executivo Federal", que ocorreu nesta terça-feira, 16, na XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, prefeitos declararam aos ministros convidados a insatisfação com o financiamento de programas federais realizado pela maioria das prefeituras brasileiras. Segundo os prefeitos, os Municípios estão redirecionando recursos próprios para complementar os programas ofertados pela União.
 
O prefeito de Tupiratins, Weltman Veloso, informou que vêm complementando com o custeio dos programas federais. "Estamos pagando cerca de R$ 20 mil mensais para a complementação do Programa Saúde da Família" revelou o gestor. Já o prefeito de Bom Jesus do Tocantins, Paulo Hernandes, disse que a maior injustiça está na execução da Merenda Escolar. "Atualmente, os Municípios estão pagando 70% da Merenda Escolar, enquanto a União paga apenas 30%. Como alimentar um estudante com R$ 0,36 centavos?", indagou o chefe do executivo, ao informar o valor por aluno enviado pelo Governo Federal para a compra da merenda escolar.
 
ATM alerta
 
Por sua vez, o presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, recomenda aos prefeitos avaliarem minuciosamente as propostas de adesão aos novos programas federais. "Os Municípios não tem capacidade de investimento. Atualmente, 96% das cidades estão investindo mais do que o mínimo exigido nos serviços de saúde. Não podemos bancar esse subfinanciamento por muito tempo", revelou Mariano, que disse ainda que muitos municípios estão utilizando recursos próprios para manter unidades de saúde em funcionamento.
 
Percentual de investimento
 
Pela lei, os Municípios devem investir no mínimo 15% da arrecadação em ações de saúde. No entanto, levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM)       aponta que quase a totalidade dos Municípios destina mais do que o previsto para financiar o setor. Os dados tomaram como base as informações do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops).
 
O subfinanciamento de programas federais vem sendo alertado pela CNM há anos. No encontro, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, exemplificou o caso do Programa Saúde da Família. "O governo federal estabelece as regras e o número mínimo de profissionais, mas repassa só cerca de R$ 10 mil por equipe do programa, enquanto o custo de cada uma em algumas cidades chega a R$ 50 mil a R$ 60 mil", disse.
 
Aumento dos repasses do SUS
 
Após ouvir as queixas e indagações do líder municipalista e dos prefeitos presentes na Marcha, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou que, para este ano, não há perspectiva de melhoras nos repasses do governo federal aos Municípios em relação ao custeio dos programas de Saúde. "Não há previsão orçamentária este ano para aumento dos repasses. Mas estamos em discussão com o Ministério do Planejamento para aumentar os repasses ao SUS (Sistema Único de Saúde)". Além do ministro da Saúde, estiveram presentes no encontro os ministros Mendonça Filho (Educação), Osmar Gasparini Terra (Desenvolvimento Social e Agrário) e Bruno Araújo (Cidades).
 
 A XX Marcha a Brasília segue nesta quarta-feira, 17, quando discutirá a Pauta Municipalista no Congresso Nacional. Além disso, será lançada a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Municípios Brasileiros (FMB).
 
-- 
Associação Tocantinense de Municípios - ATM

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

2

PARABÉNS!
PARABÉNS!

2

BOM
BOM

2

AMEI!
AMEI!

2

KKKK
KKKK

1

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

2

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

1

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Vacinação

20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa na próxima segunda-feira, 23

Segundo a diretora de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis e não Transmissíveis a meta é vacinar pelo menos, 90% dos grupos prioritários

Secretariado

Mauro Carlesse reúne equipe de governo e empossa novos auxiliares

Carlesse reuniu a sua equipe de governo na tarde desta quinta-feira, 19, para discutir a continuidade das ações que já vinham sendo realizadas pela sua gestão



Polícia Civil

Polícia Civil prende suspeito de estuprar e engravidar criança de 11 anos no Extremo Norte do Estado

Policiais Civis da Delegacia de Sítio Novo do Tocantins efetuaram, na manhã desta quinta-feira, (19), a prisão de Emiliano Milhomem de Sousa, de 44 anos de idade


Exames Médicos

Equipes de UTI de Palmas realizam exames médicos gratuitos em 1200 alunos da ETI Almirante Tamandaré

Os atendimentos foram realizados na quarta, 18, e nesta quinta-feira, 19, aos estudantes das 40 turmas da Escola de Tempo Integral


Apaes

Deputada Dorinha indica a Federação das Apaes do TO para o prêmio Brasil Mais Inclusão

O prêmio é destinado a empresas, entes federados (União, estados, Distrito Federal e municípios), entidades ou personalidades que tenham realizado ações em prol da inclusão de pessoas com deficiência


IFTO

Campus Palmas do IFTO contrata professores substitutos


Oi

Oi foca no operacional com lançamento de produtos digitais e apresenta diretrizes do negócio para 2018


Livro

Luana Ribeiro lança livro destinado a vereadores


Amastha

PSB de Amastha mantém mobilização e aguarda definição de tribunal para remarcar convenção


MPE

Irregularidades no laboratório de análises clínicas do município de Palmas motivam ação do MPE


Justiça Eleitoral

Servidores de Palmas reforçarão atendimento da Justiça Eleitoral na Capital


Ciência & Tecnologia

Gerente de Planejamento



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira