Wednesday, 19 de September de 2018

Wednesday, 19 de September de 2018

POLÍTICA


Brasília

Na tribuna, Deputada Josi defende a emancipação de Luzimangues

12 Jun 2018    10:54    alterado em 12/06 às 10:54
André Abrahão Na tribuna,  Deputada Josi defende a emancipação de Luzimangues A propositura discutida em plenário na última semana, voltou à pauta de deliberações desta semana e deve ser apreciada pelos parlamentares na Câmara Federal.

A deputada federal Josi Nunes (PROS/TO) usou a tribuna recentemente para declarar  o seu apoio ao o Projeto de Lei Complementar nº 137, de 2015, que regulamenta a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios . “Essa é uma matéria que está na pauta desta semana. Eu não poderia deixar de registrar aqui o meu apoio, uma vez que a aprovação desse projeto possibilitará a emancipação do Distrito de Luzimangues, que atualmente pertence ao Município de Porto Nacional”, destacou a parlamentar.

Josi ressaltou ainda, que a emancipação de Luzimangues é um sonho dos moradores do distrito. “ Essa emancipação é um sonho dos moradores daquele distrito. Vale ressaltar que o distrito atende todos os critérios da legislação, como arrecadação própria e número de habitantes”, ressaltou.

A tocantinense justificou o seu apoio à proposta contrapondo os argumentos contrários a aprovação da matéria e reforçando os critérios para a criação de novos municípios. “Sei que há muitas pessoas questionando o projeto de lei complementar, alegando que ele irá gerar mais despesas ou argumentando que já temos mais de 5 mil Municípios no Brasil, mas é preciso lembrar que esse projeto de lei complementar determina alguns critérios. Os Municípios não serão emancipados aleatoriamente”, frisou.

Segundo a parlamentar, o Projeto de Lei determina ainda, que a criação de um Município dependerá da comprovação do número de habitantes, que deverá ser igual ou superior aos quantitativos mínimos nacionais — 6 mil habitantes nas Regiões Norte e Centro-Oeste; 12 mil habitantes na Região Nordeste; 20 mil habitantes nas Regiões Sul e Sudeste. “Outra condição para a criação é a existência de número de imóveis superior à média observada nos Municípios que constituem os 10% de menor população do Estado e também que a área urbana não esteja situada em reserva indígena, de preservação ambiental ou pertencente à União”, acrescentou.

Vale lembrar, que a propositura discutida em plenário na última semana, voltou à pauta de deliberações desta semana e deve ser apreciada pelos parlamentares na Câmara Federal.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

27

PARABÉNS!
PARABÉNS!

30

BOM
BOM

21

AMEI!
AMEI!

21

KKKK
KKKK

24

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

25

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

23

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Josi Nunes Luzimangues Tocantins Porto Nacional

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


HGP

Hospital Geral de Palmas comemora fila zero e dez mil procedimentos no serviço de hemodinâmica

Além do marco de dez mil procedimentos, a equipe envolvida celebra o sucesso e a agilidade do serviço prestado à população

CPI do PreviPalmas

Presidente da CPI do PreviPalmas convoca envolvidos com investimentos suspeitos a prestarem esclarecimentos

Na ocasião, Geo convocou o ex-presidente do PreviPalmas, Maxcilane Fleury, o ex-diretor de investimentos, Fábio Matins, o ex-secretário Municipal de Finanças, Christian Zini e citou uma quarta pessoa que será convocada após o período eleitoral



Violência

“Violentômetro” alerta mulheres sobre níveis de agressão e violência

O material informativo, composto por cartazes, flyers e marcadores de páginas, será distribuído em blitzen, universidades e faculdades, feiras e bares, entre outros, nesta quinta e sexta-feira, dias 20 e 21.


Trânsito

Número de vítimas fatais reduz em 20% comparado a 2015

Em Palmas, a proporção de veículo é de 0,62 para cada habitante.


Propagando Irregular

A Justiça Eleitoral suspendeu nesta terça-feira, 18, mais uma propaganda irregular do candidato Carlos Amastha (PSB). De novo, o ex-prefeito de Palmas “invadiu” o horário eleitoral

Esta é a quinta vez, nestas eleições, que a Justiça Eleitoral suspende propaganda irregular de Amastha, a segunda por “invasão” do tempo de TV destinado aos candidatos a deputado estadual de sua coligação.


Carlesse

Amastha tenta confundir população mostrando caso da gestão de Marcelo Miranda em seu programa


Campanha

No desespero, Amastha usa hospitais municipais para criticar Carlesse e tem propaganda suspensa pela Justiça


Irrigação

Carlesse fortalece projetos de irrigação São João e Manuel Alves com investimentos de mais de R$ 12 milhões


Educação

Bernadete é a segunda candidata ao governo do Tocantins a firmar compromisso com a educação


Jalapão

Carlesse garante que vai melhorar qualidade de vida no Jalapão com infraestrutura e fortalecimento da cultura e do turismo


Ponto de vista

O necessário tempo para as relações



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira