Saturday, 22 de February de 2020

POLÍTICA


Política

Para Kátia Abreu, governo perdeu o melhor momento para fazer reformas

29 Oct 2008

No retorno ao Senado após a licença de quatro meses, a senadora Kátia Abreu (DEM-TO) alertou para o fato de o Brasil ter perdido o momento propício à realização das reformas necessárias para que, hoje, o país estivesse blindado contra a crise financeira internacional. “Quantas vezes discutimos a necessidade de se fazer a reforma tributária, alertamos para a alta carga tributária, para o aumento dos gastos públicos. Muitos imaginaram que era apenas discurso de oposição, implicância com o governo. Mas alertamos o governo para o quanto era importante aproveitar os bons ventos da economia mundial naquela época”, disse Kátia Abreu em seu primeiro pronunciamento, realizado nesta quarta-feira, 29 de outubro.

 

A senadora alertou que, o agronegócio, por exemplo, será um dos setores mais atingidos pela crise. “Nós teremos uma redução na aplicação de tecnologia, o que significa menos produtividade, menos renda para o produtor rural e menos condições de pagar os compromissos com os bancos na próxima safra”, destacou.

 

 Lembrando que à época da discussão sobre a CPMF, que foi extinta pelo Senado a partir de janeiro deste ano, Kátia Abreu observou que as previsões catastróficas feitas pelo governo não se concretizaram. Ao contrário, somente o excedente de arrecadação tributária no primeiro semestre deste ano corresponde o total arrecadado com a CPMF em todo o ano de 2007.

 

 “Não pode nos faltar coragem para fazer as mudanças necessárias”, disse a senadora, completando que o melhor momento passou, e agora é hora de a Oposição contribuir para enfrentar a crise. “O governo não pode querer resolver sozinho, é hora de dividir a responsabilidade com os deputados e senadores, pois aqui no Congresso temos homens e mulheres responsáveis”, afirmou.

 


MUNICÍPIOS


Kátia Abreu chamou a atenção para a crise os municípios já vêm enfrentando e tende a se agravar com a crise financeira internacional. Segundo a senadora, se o crescimento do PIB em 2009 cair de 5% para 3,5%, conforme já admite o governo, também haverá redução na arrecadação do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) e do IR (Imposto de Renda), que formam o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), os prefeitos terão dificuldades para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “A LRF é uma lei muito boa, mas não prevê momentos de crise como este”, observou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Palmas

CarnaPraça tem programação de três dias e atrações nacionais

Por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa, Governo do Estado apoia evento que tem início nesta sexta.

Segurança

Governador Carlesse viabiliza horas extras e PM e Bombeiros terão mais efetivo nas ruas

Medida visa melhorar a qualidade do serviço de Segurança Pública oferecido pela população


Assembleia

Projeto que contempla o esporte é destacado por parlamentar

A ação beneficia mais de quatro mil crianças e adolescentes com aulas gratuitas de atletismo, dança, futebol, futsal, karatê e society. O objetivo é estimular a prática esportiva e promover inclusão e cidadania.


ALETO

Assembleia aprecia emenda à MP que instituiu o Fundo Rotativo do Sistema Penitenciário

A emenda modificativa visa a adequar estrutura, termos e redação da MP 29, aperfeiçoando o texto ao regramento jurídico, impedindo o surgimento de múltiplas interpretações quando da operacionalização do Fundo Rotativo.


Tocantins

Roteiros de ecoturismo garantem lazer para quem busca opções sem folia


Mudança

Davi Goveia Junior assume presidência da ATS


Palmas

Restaurante Ermenilde entra no ritmo do Carnaval com programação musical especial para a folia


Ocorrência

Polícia Civil apreende mais de 70 quilos de maconha na região norte da Capital


Meio Ambiente

Parceria entre órgãos ambientais e chacareiros resulta em restauração de área degradada


Setas

Governo e municípios discutem políticas de assistência social no Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira