Sunday, 26 de May de 2019

POLÍTICA


Porto Nacional

Prefeito e ministro da Cultura inauguram obras do Museu, Arquivo Municipal e Biblioteca Eli Brasiliense

24 Jun 2008

O prefeito de Porto Nacional Paulo Mourão (PT), acompanhado do governador Marcelo Miranda, do ministro da Cultura em exercício, Juca Ferreira, do Presidente do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Luiz Fernando de Almeida e da titular da 14° Superintendência Regional/IPHAN, Salma Saddi Waress, entrega nesta sexta-feira, dia 27, às 19h30, à população de Porto Nacional, as obras de restauração e reforma do Museu Histórico e Cultural, do Arquivo Municipal e Ponto de Cultura. Também será inaugurada a reforma do prédio da Biblioteca Municipal Eli Brasiliense, que recebeu um centro de inclusão digital, além da modernização e ampliação do acervo bibliográfico. Na ocasião será feita a abertura do Edital de Seleção de 24 pontos de Cultura no Estado

A reforma do prédio do Museu, localizado à rua Padre Antônio, n°1822 Centro Histórico, antiga sede da Prefeitura e do Arquivo Municipal, onde funcionava o prédio da antiga delegacia e cadeia pública, custou R$ R$ 400 mil. Já a implantação custou R$ 164 mil, recursos do Ministério da Cultura/IPHAN, com o apoio da Fundação Cultural e do Município. Foram investidos 150 mil na implantação do Ponto de Cultura.

Esse projeto de resgate e restauração do museu e arquivo, faz parte de um conjunto de ações e planejamento, desenvolvidos pela Prefeitura de Porto Nacional, em parceria com a Fundação Cultural e IPHAN. Os arquitetos do IPHAN Paulo Henrique Farcete e Luciana Campos foram os responsáveis pelo projeto arquitetônico do Museu e Arquivo, onde redefiniram e fizeram as correções de toda estrutura física dos prédios. O prédio foi totalmente restaurado  desde  a fachada, telhado, janelas, portas e piso voltando à forma mais original possível. A novidade no prédio do museu foi a instalação de  um elevador monta-carga  para facilitar o acesso de pessoas portadoras de deficiência física e o transporte de materiais.

Todas as peças do museu foram catalogadas e os acervos organizados pela museóloga Célia Corcine, da empresa AT & AT Museu de Brasília, juntamente com a historiadora de Porto Nacional Iony Alves do Santos.

Já na reforma da Biblioteca Eli Brasiliense, que está localizada à rua Bartolomeu Bueno, antigo café teatro, no centro, foram investidos mais de R$ 62 mil, em toda a estrutura física do prédio. A biblioteca foi toda adaptada e reestruturada com novos móveis, ganhando também uma sala com computadores, para pesquisadores e estudantes navegarem na internet.

De acordo com a historiadora Iony Alves do Santos, responsável pelo museu, o acervo estava depositado de forma inadequada no Mirante da cidade em frente a catedral Nossa Senhora das Mercês. “O prefeito Paulo Mourão preocupado com a situação degenerativa das peças, removeu o acervo para o Centro Cultural Professor Durval Goldinho, aonde ficou  aberto à visitação provisoriamente, enquanto o projeto de restauração feito pela Prefeitura em parceria com o IPHAN e Estado estava em processo de execução sendo concluído e inaugurado nesta sexta-feira. A visão do prefeito que a cultura é uma mola propulsora de inclusão social tornou possível o resgate da história da nossa cidade,” ressaltou.

Segundo o prefeito Paulo Mourão, esse é o primeiro museu e arquivo municipal sendo inaugurados no estado do Tocantins. “Porto Nacional conhecida como a cidade cultural do Tocantins, mais uma vez demonstra ser merecedora desse título. O museu resgatará a história desse povo, que muito lutou pela emancipação e construção do estado do Tocantins. Os portuenses e visitantes ganham um espaço reestruturado e adaptado para um maior conhecimento da história de Porto Nacional e Tocantins. Estamos também entregando aos portuenses, a biblioteca Eli Brasiliense toda reformada, com uma nova cara, para que os estudantes, pesquisadores e a sociedade em geral, possam estar usufruindo de um ambiente  mais estruturado e adaptado para os seus estudos e pesquisas”, destacou.

O Prefeito também ressaltou a importância de se investir na preservação do Patrimônio Histórico. “Neste mandato não medimos esforços para resgatar a história do nosso município, trabalhamos muito para dar a possibilidade desse resgate acontecer,  para que a história sobreviva para os nossos descendentes conhecer a época de nossos antepassados e também da nossa época de hoje. Eu me preocupo em preservar o passado. Aprendi com meus pais a cultuar a tradição e aprendi a respeitar. Quem não preserva o passado se perde no futuro”, afirmou.

COMPARTILHE:


Confira também:

Paulo Ziulkoski é homenageado pela ATM durante evento técnico em Palmas

Paulo Ziulkoski, é homenageado pela ATM durante evento técni

Paulo Ziulkoski é homenageado pela ATM durante evento técnico em Palmas


Barragem

Deslocamento de talude de mina da Vale atinge 19 centímetros por dia

Deformação em todo o talude norte chega a 14,2 cm por dia

MAIO AMARELO

Homens são os que mais morrem de acidentes no trânsito

Acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país. Em 82% dos casos, as vítimas fatais são do sexo masculino.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira