Sunday, 29 de November de 2020

POLÍTICA


Palmas II

Presidente da OAB, restrições irão combater o abuso do poder econômico

18 Jul 2008

Essa confusão entre os candidatos e suas equipes pode estar diretamente relacionada às imposições do TSE. Em vista a tantas restrições, o presidente da OAB-TO - Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins, Ercílio Bezerra, acredita que tais imposições são de extrema importância, já que combatem o abuso do poder econômico, o que leva à corrupção eleitoral. O presidente da OAB-TO ainda ressalta a importância de o eleitor observar a mensagem, a história, o passado e as propostas dos candidatos e alerta que qualquer outro tipo de oferta ou vantagem oferecida ao eleitor por parte de algum candidato desvirtua completamente o processo eleitoral e é considerada crime.

Até o momento, o único candidato que já tem em mente o tempo disponível para a realização das propagandas para sua coligação é Marcello Lélis. O cálculo estimado é de aproximadamente 10 minutos e meio. A estimativa para este cálculo é realizada previamente pelos partidos, já que o tempo definido para cada coligação somente será divulgado pelo TRE após reunião entre o juiz eleitoral, os partidos, agências e os meios de comunicação. Na ocasião, é realizado um sorteio para definir a ordem de apresentação dos partidos dentro dos programas de rádio e televisão. O prazo para a realização da reunião e divulgação destas informações, de acordo com o calendário eleitoral, é até o dia 12 de agosto, uma semana antes do início das propagandas. Os outros candidatos sequer fizeram esse levantamento prévio do tempo que disponibilizarão para suas campanhas eletrônicas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Mobilização

Livrarias lançam campanha para atrair leitores para lojas físicas

Afetadas pela pandemia, livrarias ainda esperam retorno de clientes




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira