Thursday, 29 de October de 2020

SAÚDE


Sesau

Estado paga segunda parcela de plantões extras atrasados desde o ano passado

13 Mar 2015

Foi creditada aos servidores da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) a segunda parcela de pagamento dos plantões extraordinários que estavam atrasados desde o ano passado. Ao todo, foram depositados nas contas dos servidores 3.142.270,32 milhões referentes aos plantões extras do mês de outubro de 2014 (pagos a 2.033 profissionais) e R$ 1.451.636,83 milhão referente aos plantões extras realizados em janeiro de 2015 (pagos a 1.161 profissionais).

Além dos plantões foram pagos ainda os valores referentes ao adicional por insalubridade, gratificações do mês de dezembro de 2014 e adicional noturno. Os depósitos foram realizados em folha complementar.

A dívida que está sendo honrada pelo governo do Estado compreende débitos do período de setembro a dezembro de 2014 com profissionais que realizaram plantões fora da carga horária ordinária de trabalho para preenchimento das escalas de atendimento dos hospitais da rede estadual.

Segundo o secretário de Saúde, Samuel Bonilha, os acertos estão sendo feitos mediante prévia apuração dos plantões extras com pagamento pendente, conforme aponta Nota Técnica do Departamento Nacional de Auditoria do Sus (DenaSus). "No processo de verificação dos pagamentos estão sendo avaliadas possíveis inconsistências, como plantões registrados com incompatibilidade", detalha o secretário.

Parcelamento
O secretário Bonilha reforça que o parcelamento foi anunciado após mudança na forma de pagamento dos plantões extraordinários. Estes, por recomendação de órgãos de controle externo, deixaram de ser pagos de forma indenizatória e passaram a ser considerados parte da remuneração dos profissionais, submetidos ao cálculo do teto remuneratório constitucional.

"Os pagamentos anteriores eram realizados como indenizações e fora da folha de pagamento, o que gerou outra dívida de mais de R$ 17 milhões, referente a multas e encargos previdenciários não repassados à Previdência Social no período de 2009 a 2014", acrescenta Bonilha.

O montante compreende R$ 6,4 milhões em valores não recolhidos e em outros R$ 10.6369.25,56 em multas, juros de mora e encargos legais.

Bonilha ainda ressaltou que os plantões extraordinários são legais, mas os pagamentos devem seguir as recomendações dos órgãos de controle. "Vamos pagar porque plantões extras são legais desde que se faça para suprir demanda das escalas que excedem a carga horária normal dos profissionais", ressaltou, acrescentando que os pagamentos serão realizados como parte da remuneração dos servidores, que respeitará o teto constitucional de remuneração dos agentes públicos.

Orientação

Quaisquer questionamentos referentes a pagamentos que não tenham sido creditados, a Sesau orienta que os profissionais procurem o setor de Recursos Humanos de sua unidade portando Requerimento Diverso devidamente preenchido para solicitação de justificativa.

COMPARTILHE:


Confira também:


Perspectiva

Confiança do empresário do comércio palmense volta a subir em outubro

A maior parte dos entrevistados (88,1%) disseram possuir a expectativa de aumentar o número de funcionários, o que também traz esperança a milhares de desempregados.

Meio Ambiente

Naturatins autua BRK Ambiental em mais de 8 milhões de reais por poluição ambiental

As autuações contra a BRK ambiental ocorreram em virtude de a empresa lançar de forma irregular efluentes nos recursos hídricos do Estado do Tocantins, acima dos padrões exigidos pela legislação ambiental.


Região Central

Em Lajeado, Polícia Civil prende em flagrante suspeitos de roubo e estupro

O roubo foi praticado pelos vizinhos das vítimas. Além da subtração de objetos, os suspeitos teriam estuprado a mulher.


22º BI

22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro comemora 25 anos de criação

O batalhão foi criado por meio da Portaria Ministerial nº 077, de 27 de outubro de 1995, e designado herdeiro das tradições do extinto 22º Batalhão de Infantaria Motorizado (22º BIMtz), localizado na cidade de Barra Mansa, no estado do Rio de Janeiro.


Aleto

CCJ da Assembleia Legislativa analisa projetos para pandemia


Aleto

Projeto de Lei do deputado Valdemar Júnior cria Semana Estadual de Conscientização, proteção e orientação sobre a Síndrome de Rett


GT

Grupo de Trabalho-Terminais debate projeto de Concessão dos Terminais Rodoviários do Estado


Eleições 2020

Na Fecomércio, Prefeita Cinthia apresenta propostas de retomada da economia pós-pandemia


Interior

Carlesse autoriza recuperação de estradas vicinais e Colégio Militar de Cristalândia


TO Seguro

Empreendedores do Jalapão aderem ao TO Seguro para garantir a saúde dos turistas e trabalhadores do setor



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira